Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

aqui lhe falámos do Urus, mas se quiser ficar de água na boca, tome nota apenas destes números, em jeito de uma curta apresentação: 0-100 km/h em 3,6 segundos e uma velocidade máxima de 305 km/h, graças a um V8 biturbo de 4.0 litros com 650 cv e binário de 850 Nm. Receita a que se juntam outros ingredientes não menos importantes – tracção integral com vectorização activa do binário, barras estabilizadoras activas e sistema direccional às quatro rodas. Portanto, um compêndio de argumentos bastante convincentes, a que se alia um design simplesmente arrebatador. Perante isto, o quadro só podia ser um: uma procura que não se sentiu minimamente inibida pelos 268.570€ pedidos pelo SUV da Lamborghini em Portugal.

A prová-lo está o facto de as oito unidades destinadas ao mercado português terem já todas dono, o mesmo acontecendo com as 12 que serão entregues em 2019. Ou seja, 20 ‘já cá cantam’ e, mais do que isso, com timbre de elevado calibre, pois todas elas foram encomendadas carregadinhas” de equipamento, o que atira a factura unitária bem para cima dos 340 mil euros. Portanto, se quiser mesmo ser proprietário de um Urus, o melhor é tentar desde já garantir isso. Pode ser que, em 2020, tenha sorte…

15 fotos

Quando apresentou o “super SUV”, o CEO da Lamborghini não deixou de frisar que o modelo “transcende os limites das expectativas e abre as portas para novas possibilidades”, tanto para marca como para os seus clientes. E a verdade é que, com ou sem dotes de adivinhação, Stefano Domenicali parece ter acertado na mouche, já que 50% dos clientes do Urus vêm de outras marcas…

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR