Índia

Deputado indiano comparece no Parlamento mascarado de Hitler

Naramalli Sivaprasad compareceu na sessão do parlamento indiano desta quinta-feira vestido como Adolf Hitler. O objetivo era enviar um aviso ao primeiro ministro e angariar fundos para o seu estado.

AFP/Getty Images

Naramalli Sivaprasad compareceu na sessão do parlamento indiano desta quinta-feira vestido como o líder da Alemanha nazi, Adolf Hitler. O gesto do deputado do Telegu Desam (TDP) visava a angariação de fundos para o estado que representa, Andhara Pradesh.

O objetivo do deputado era fazer um aviso ao primeiro ministro, Navendra Modi. “Eu [Hitler] comecei como soldado no exercito alemão e ganhei respeito, mas tornei-me ganancioso com o poder e como resultado tornei-me responsável pela Segunda Guerra Mundial, que causou várias mortes [cerca de 70 milhões] e também me suicidei”, explicou Sivaprasad entrando em personagem. “A minha sugestão para Modi é para não seguir esta via. Já traiu o Andhara Pradesh e [o ministro-chefe do estado] Chandrababu Naidu. Se não se arrepender, vai acabar por cair em desgraça”, alertou.

Sivaprasad pretendia reclamar que o governo autorizasse assistência económica especial no seu estado. O partido de centro direita TDP — do qual faz parte — abandonou a coligação que governa o país em março por causa da questão do financiamento deste estado.

Esta não é a primeira vez que Naramalli Sivaprasad usa máscaras, como forma de protesto, em sessões parlamentares . O político — que antes tinha feito carreira como ator — já se tinha vestido de agricultor, de pastor, de clérigo muçulmano e de mulher.

O mais recente protesto do deputado foi recebido pela sociedade indiana com espanto e surpresa, mas não causou o ultraje que seria esperado noutras partes do mundo. Na Índia, Adolf Hitler não está associado às mesmas conotações que na Europa. “Os indianos não experimentaram o que Hitler era, ao contrário do Ocidente e Rússia”, explicou Anirudh Deshpande, professor de História na Universidade de Deli, ao The Guardian. “A maioria ignora o que ele fez e os restantes idolatram-no, considerando-o um grande nacionalista que trouxe glória ao seu país, o que o torna num herói aos olhos dessas pessoas.”

O exercito indiano fez parte das forças dos Aliados que lutaram contra Hitler. No entanto, alguns líderes nacionalistas históricos idolatravam o ditador alemão. Um deles, Subhas Chandra Bose, chegou a pedir o seu auxílio para combater o imperialismo britânico no país.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)