Índia

Deputado indiano comparece no Parlamento mascarado de Hitler

Naramalli Sivaprasad compareceu na sessão do parlamento indiano desta quinta-feira vestido como Adolf Hitler. O objetivo era enviar um aviso ao primeiro ministro e angariar fundos para o seu estado.

AFP/Getty Images

Naramalli Sivaprasad compareceu na sessão do parlamento indiano desta quinta-feira vestido como o líder da Alemanha nazi, Adolf Hitler. O gesto do deputado do Telegu Desam (TDP) visava a angariação de fundos para o estado que representa, Andhara Pradesh.

O objetivo do deputado era fazer um aviso ao primeiro ministro, Navendra Modi. “Eu [Hitler] comecei como soldado no exercito alemão e ganhei respeito, mas tornei-me ganancioso com o poder e como resultado tornei-me responsável pela Segunda Guerra Mundial, que causou várias mortes [cerca de 70 milhões] e também me suicidei”, explicou Sivaprasad entrando em personagem. “A minha sugestão para Modi é para não seguir esta via. Já traiu o Andhara Pradesh e [o ministro-chefe do estado] Chandrababu Naidu. Se não se arrepender, vai acabar por cair em desgraça”, alertou.

Sivaprasad pretendia reclamar que o governo autorizasse assistência económica especial no seu estado. O partido de centro direita TDP — do qual faz parte — abandonou a coligação que governa o país em março por causa da questão do financiamento deste estado.

Esta não é a primeira vez que Naramalli Sivaprasad usa máscaras, como forma de protesto, em sessões parlamentares . O político — que antes tinha feito carreira como ator — já se tinha vestido de agricultor, de pastor, de clérigo muçulmano e de mulher.

O mais recente protesto do deputado foi recebido pela sociedade indiana com espanto e surpresa, mas não causou o ultraje que seria esperado noutras partes do mundo. Na Índia, Adolf Hitler não está associado às mesmas conotações que na Europa. “Os indianos não experimentaram o que Hitler era, ao contrário do Ocidente e Rússia”, explicou Anirudh Deshpande, professor de História na Universidade de Deli, ao The Guardian. “A maioria ignora o que ele fez e os restantes idolatram-no, considerando-o um grande nacionalista que trouxe glória ao seu país, o que o torna num herói aos olhos dessas pessoas.”

O exercito indiano fez parte das forças dos Aliados que lutaram contra Hitler. No entanto, alguns líderes nacionalistas históricos idolatravam o ditador alemão. Um deles, Subhas Chandra Bose, chegou a pedir o seu auxílio para combater o imperialismo britânico no país.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Educação

Mais vale acabar

João Pires da Cruz

Damos atenção aos direitos de todos menos aos daqueles que são mais preciosos, os nossos filhos. Gastamos dinheiro em tudo, menos no que é impossível substituir, o tempo das nossas crianças aprenderem

Política Externa

O Imperador vai nu /premium

Diana Soller

A situação geográfica de Portugal coloca-o numa posição estratégica privilegiada para os interesses das grandes potências. Pelo que o Estado terá que tomar decisões muito sérias quanto ao nosso futuro

Educação

Mais vale acabar

João Pires da Cruz

Damos atenção aos direitos de todos menos aos daqueles que são mais preciosos, os nossos filhos. Gastamos dinheiro em tudo, menos no que é impossível substituir, o tempo das nossas crianças aprenderem

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)