Real Madrid

Novo Bernabéu vai custar 475 milhões de euros e clube entregou renovação à construtora espanhola FCC

148

Depois de vários anos a negociar, o clube espanhol entregou à Fomento de Construcciones y Contratas a responsabilidade de renovar o Santiago Bernabéu. As obras devem terminar em 2022.

O financiamento da remodelação foi fixado num valor total de 575 milhões de euros, com um prazo de 30 anos

Real Madrid

O Real Madrid decidiu esta quarta-feira entregar as obras de renovação do Estádio Santiago Bernabéu à empresa espanhola de construção Fomento de Construcciones y Contratas. As obras terão um custo de cerca de 475 milhões de euros e o estádio ficará pronto em agosto de 2022, noticia o El Espanol.

Em comunicado, o clube da capital espanhola refere que a empresa controlada pelo mexicano Carlos Slim, considerado o homem mais rico do mundo, superou as propostas de outras empresas. “Foi a proposta mais económica, com o menor prazo de execução e com um sistema que permite minimizar perturbações ao funcionamento do estádio”, refere a nota, citada pelo El País. As obras, que são já anunciadas há vários anos, começam no final da atual época desportiva e têm uma duração prevista de 39 meses.

Projeção do exterior do Bernabéu após as obras

A renovação do Bernabéu é um objetivo fundamental para o presidente dos blancos, Florentino Pérez, e teve início há sete anos. O presidente quer utilizar o estádio para a estratégia de marketing do clube e espera obter um lucro anual de 25 milhões de euros em ingressos.

O novo estádio terá galerias comerciais e novos restaurantes, para além de uma estrutura que permite projetar vídeos e um maior sistema de segurança. O museu será ampliado e a altura do estádio vai subir em 12 metros, para acomodar uma cobertura móvel, sobre a qual os visitantes poderão caminhar. A atual capacidade do estádio, fixada em 81.044 adeptos, não sofre alterações. O clube sublinhou que as atuais atividades e visitas turísticas, a loja oficial e os existentes restaurantes não vão sofrer perturbações e continuarão abertos ao público durante as obras.

O Real Madrid fixou o financiamento da remodelação do Santiago Bernabéu num valor total de 575 milhões de euros, com um prazo de 30 anos e interesse fixo de 2,5%, sem garantias hipotecárias.

A empresa Key Capital Partners atuou como assessor financeiro e coordenador de financiamento do clube espanhol. O financiamento, por sua vez, foi estruturado pelos bancos americanos J. P. Morgan e Bank of America Merrill Lynch, com a colaboração do Santander e Société Générale. O agente da operação será o CaixaBank.

No primeiro ano sem Ronaldo, o Real Madrid não está a ter uma boa temporada. Com cinco empates e dez derrotas em 36 jogos, já viu o rival Barcelona ser campeão da La Liga. Zinedine Zidane voltou a Madrid para subsituir Solari no comando técnico da equipa e conseguiu imediatamente resultados. Ainda assim, os merengues seguem num dececionante terceiro lugar.

Todos queremos saber mais. E escolher bem.

A vida é feita de escolhas. E as escolhas devem ser informadas.

Há uns meses o Observador fez uma escolha: uma parte dos artigos que publicamos deixariam de ser de acesso totalmente livre. Esses artigos Premium, por regra aqueles onde fazemos um maior investimento editorial e que mais diferenciam o nosso projecto, constituem a base do nosso programa de assinaturas.

Este programa Premium não tolheu o nosso crescimento – arrancámos mesmo 2019 com os melhores resultados de sempre.

Este programa tornou-nos mesmo mais exigentes com o jornalismo que fazemos – um jornalismo que informa e explica, um jornalismo que investiga e incomoda, um jornalismo independente e sem medo. E diferente.

Este programa está a permitir que tenhamos uma nova fonte de receitas e não dependamos apenas da publicidade – porque não há futuro para a imprensa livre se isso não acontecer.

O Observador existe para servir os seus leitores e permitir que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia. Por isso o Observador também é dos seus leitores e necessita deles, tem de contar com eles. Como subscritores do programa de assinaturas Observador Premium.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)