Mercedes-Benz

Eis as novas tecnologias em que a Mercedes aposta

Tendo como base o GLE, a Mercedes apresentou um protótipo que reúne o que de mais avançado a marca pretende integrar nos seus veículos, em matéria de segurança, conectividade e condução autónoma.

A Mercedes apresentou um Experimental Sicherheits Fahrzeug (ESF), algo que se pode traduzir como veículo de segurança experimental, mas que é muito mais do que isso. Basicamente, porque o quesito segurança torna-se muito mais complexo quando se prevê um futuro em que, tendencialmente, os carros vão ser cada vez mais autónomos e conectados.

Daí o interesse em olhar para o ESF Concept 2019, não pela base de que parte (o já conhecido GLE), mas por aquilo que lhe acrescenta: nada mais, nada menos que as tecnologias que a marca de Estugarda se prepara para introduzir nos seus modelos de produção em série. A garantia é dada pelo substituto de Dieter Zetsche como CEO da Daimler:

O novo ESF 2019 reflecte a mobilidade do futuro e apresenta uma grande variedade de inovações que estamos actualmente a trabalhar e a desenvolver. E posso desde já adiantar que, algumas delas, estão muito perto de serem produzidas em série”, assegurou Ola Kallenius.

Algumas das soluções apresentadas parecem-nos demasiado futuristas ou de eficácia duvidosa, mas há funções que realmente poderão vir a representar um acréscimo de segurança nas deslocações do amanhã. É o caso, por exemplo, do Pre-Safe Child, sistema que neste concept não só monitoriza a instalação da cadeirinha, como controla os sinais vitais da criança, reforçando a protecção desta por via de um cinto preventivamente tensionado e de elementos laterais que se destinam a minimizar as cargas a que o corpo é sujeito em caso de embate.

Outra das novidades visa especificamente lidar com um futuro em que as mãos não precisam de estar ao volante. Na visão do construtor alemão, quando a função de condução autónoma é activada, a melhor maneira de proteger o “condutor” é fazendo “desaparecer” pedais e volante. Em caso de acidente, o facto de estes elementos estarem recolhidos minimiza a possibilidade de provocarem ferimentos. Contudo, por outro lado, isso obriga a repensar a colocação do cinto de segurança e do airbag do condutor, que no ESF Concept 2019 surgem, respectivamente, integrados no assento e acima do volante (em vez de ao centro).

Este GLE virado para a segurança conta ainda com um robot que, em caso de falha no veículo, retira-se deste pelos seus próprios meios e afasta-se até um máximo de 200 metros. De caminho, prescinde do colete, mas sinaliza o perigo com a abertura automática do triângulo.

Outras funcionalidades assentam sobretudo na comunicação entre veículos, com a projecção de mensagens de alerta ou de imagens recolhidas pela câmara frontal na traseira do protótipo, o que pode ser útil em situações em que há um potencial risco à frente, mas que o condutor que segue atrás não consegue ver, embora tenha de agir em conformidade.

Recomendador: descubra o seu carro ideal

Não percebe nada de carros, ou quer alargar os horizontes? Com uma mão-cheia de perguntas simples, ajudamo-lo a encontrar o seu carro novo ideal.

Recomendador: descubra o seu carro idealExperimentar agora

Todos queremos saber mais. E escolher bem.

A vida é feita de escolhas. E as escolhas devem ser informadas.

Há uns meses o Observador fez uma escolha: uma parte dos artigos que publicamos deixariam de ser de acesso totalmente livre. Esses artigos Premium, por regra aqueles onde fazemos um maior investimento editorial e que mais diferenciam o nosso projecto, constituem a base do nosso programa de assinaturas.

Este programa Premium não tolheu o nosso crescimento – arrancámos mesmo 2019 com os melhores resultados de sempre.

Este programa tornou-nos mesmo mais exigentes com o jornalismo que fazemos – um jornalismo que informa e explica, um jornalismo que investiga e incomoda, um jornalismo independente e sem medo. E diferente.

Este programa está a permitir que tenhamos uma nova fonte de receitas e não dependamos apenas da publicidade – porque não há futuro para a imprensa livre se isso não acontecer.

O Observador existe para servir os seus leitores e permitir que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia. Por isso o Observador também é dos seus leitores e necessita deles, tem de contar com eles. Como subscritores do programa de assinaturas Observador Premium.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: scarvalho@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)