A chegada da ativista a Lisboa estava prevista para cerca das 9h00 desta terça-feira mas as dificuldades com o vento impediram Greta de chegar a horas ao local onde centenas de ativistas e curiosos a esperavam.

Desde a passagem por Cascais, cerca de uma dúzia de barcos acompanharam o catamarã onde durante 21 dias a ativista viajou. Em três dessas embarcações seguiam jornalistas, que Greta cumprimentou.

Numa breve conferência de imprensa, já na Doca de Santo Amaro, a jovem ativista sueca manifestou a sua gratidão pela forma como foi recebida em Lisboa, e reforçou o apelo para ser mantida a pressão sobre os políticos com vista ao combate às alterações climáticas.

Sinto-me tão grata por ter feito esta viagem, por ter tido esta experiência, e tão honrada por ter chegado aqui a Lisboa”, afirmou a adolescente sueca, que desembarcou ao fim da manhã na capital portuguesa, antes de viajar nos próximos dias para Madrid, onde decorre a cimeira das Nações Unidas sobre o clima (COP25), e onde estará esta sexta-feira.

Não iremos parar, iremos continuar e fazer tudo o que estiver ao nosso alcance: a viajar, a pressionar as pessoas que têm o poder para que coloquem as prioridades no devido lugar”, acrescentou ainda Thunberg, deixando um apelo às dezenas de ativistas que a receberam: “Continuem a ajudar-nos para tornar tudo isto possível”.

Veja a fotogaleria acima com as melhores imagens desta última etapa desta viagem.