O número de hospitalizações devido à Covid-19 volta a subir em França depois de uma diminuição acentuada nas últimas semanas, no entanto, o primeiro-ministro Jean Castex nega que a situação no país seja “grave”.

Devido à Covid-10, há agora 6.688 pessoas hospitalizadas no país, mais 42 que na véspera, com 477 pacientes internados em unidades de cuidados intensivos, segundo a Direção-Geral da Saúde francesa.

Numa entrevista concedida esta noite à televisão France 2, o primeiro-ministro Jean Castex afirmou que a situação no país não é grave, mas os franceses “têm de ser mais vigilantes” na utilização dos gestos barreira.

Esta constatação veio depois de se saber que o nível de contaminação nalgumas regiões, como a Mayenne, está a aumentar e em 100.000 há 52,7 pessoas contaminadas enquanto no resto do país a média é de 4 pessoas. Também noutras regiões como a Bretanha os índices estão a voltar a subir.

A França contabilizou nas últimas 24 horas 14 mortes associadas à Covid-19 em meio hospitalar, elevando o total de óbitos desde o início da pandemia para 30.152. Do total de mortes, 19.611 foram registadas nos hospitais.

Os dados dos lares são agora atualizados semanalmente e só voltarão a ser conhecidos no dia 21 de julho (o número até agora é de 10.541 mortos).