Um polícia morreu na manhã desta sexta-feira depois de ser atingido na noite anterior na esquadra de Croydon, a sul de Londres, pelo jovem que tinha detido, segundo a BBC. O agente, que estaria a poucas semanas de se reformar, ainda foi assistido no local mas acabou por morrer no hospital para onde foi transferido. O detido, de 23 anos, também foi levado para o hospital com ferimentos provocados por arma de fogo embora nenhum polícia tenha disparado ele, precisou a Metropolitan Police em comunicado. O detido terá disparado contra si próprio depois de atingir o polícia.

É a primeira vez que um agente policial britânico morre em serviço desde 2012 e a Metropolitam Police já abriu um inquérito. Questionado sobre como é que seria possível um detido entrar na esquadra armado, Chris Phillips, antigo inspetor, disse à BBC que normalmente, “os detidos devem ser revistados antes de serem levados para a esquadra, mas isso nem sempre acontece e depende do tipo de detenção”.

O primeiro-ministro britânico já reagiu ao caso: “É um incidente chocante em que um dos nossos perdeu a vida da forma mais trágica possível”, escreveu no Twitter . Boris Johnson manifestou as condolências para com a família e amigos da vítima: “Todos estamos em dívida para com aqueles que arriscam as suas vidas para nos manterem seguros”.