Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Trump está “muito bem”. Tão bem que pode receber alta já esta segunda-feira e regressar à Casa Branca. Foi pelo menos o que transmitiu a equipa médica do Presidente norte-americano na conferência de imprensa deste domingo com a atualização da situação clínica do presidente dos EUA. Mas o tipo de tratamento a que está a ser submetido contraria o discurso de não existir “nenhuma preocupação clínica”.

Trump está a ser tratado para a Covid-19 com dexametasona, um esteroide que a Organização Mundial de Saúde (OMS) só recomenda para casos graves de Covid-19. A dexametasona tem efeitos positivos nas pessoas que tiveram de ser colocadas a oxigénio ou estar ligadas a um ventilador, já que ajuda os doentes com dificuldades extremas em respirar, segundo indica a OMS.

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.