A associação portuguesa Hirond’Ailes já entregou 80 camisolas de futebol transformadas em batas hospitalares para crianças na região parisiense e prepara-se para entregar mais 65, numa ação que ajuda os mais pequenos “a descontrair” antes das operações.

“Lançámos um apelo antes do Natal, contactámos vários clubes e a Liga Francesa de Futebol que nos doou 92 camisolas. O que interessa é que as camisolas sejam grandes para as transformarmos em batas de hospitais”, disse Suzette Fernandes, presidente da associação Hirond’Ailes, em declarações à Agência Lusa.

As primeiras 80 camisolas transformadas foram entregues ao Hospital Intercomunitário de Creteil e algumas das camisolas foram doadas pela equipa portuguesa local, a US Créteil-Lusitanos. Outras equipas portuguesas em França, como o clube de futsal Aigles Benfica, também fizeram doações.

“A partir dos três anos, as crianças já gostam dos clubes e do desporto. E é algo que as ajuda a descontrair antes das operações”, explicou a líder associativa.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Esta iniciativa começou em Espanha e a Hirond’Ailes espera agora que outras associações se juntem a esta mobilização assim como mais clubes ou privados se interessem em doar camisolas, já que os pedidos continuam a chegar.

“Vamos entregar 65 camisolas ao hospital de Villeneuve-Saint-Georges. Há mais hospitais a contactarem-nos directamente, como o hospital de Pontoise”, sublinhou Suzette Fernandes.

Após ter produzido e doado 7 mil máscaras comunitárias na região parisiense, a associação consagra-se também a produzir cachecóis e gorros para os sem abrigo da região de Champigny, numa altura particularmente difícil para os mais necessitados.

“Nunca fizemos tantos cabazes de Natal e nunca tivemos tantos pedidos. Às vezes nem temos pedidos, porque as pessoas se envergonham, mas nós sabemos e fazemos com que recebam o cabaz na mesma”, declarou a presidente da Hirond’Ailes.

A associação pode ser contactada para doações e para pedidos de ajuda através das suas redes sociais.