Se este ano houve muitos feriados nacionais ao sábado ou ao domingo, o próximo também não é muito melhor nesse aspecto. Dos treze feriados previstos para 2019, dois calham à quarta-feira e deixam poucas hipóteses aos portugueses para aproveitar um fim de semana mais prolongado. E outros quatro são ou sábado ou ou domingo, o que para muitos significa que são apenas dias de descanso perdidos.

Mas nem tudo são más notícias, fique mais satisfeito. É que há tantos feriados ao fim de semana como outros à terça ou à quinta-feira, dando espaço a quatro pontes no calendário de 2019. Um deles é o Dia de Ano Novo, já daqui a uns dias, que acontece a uma terça-feira. O seguinte é o Dia da Liberdade, 25 de abril, que no próximo ano calha a uma quinta-feira. Quanto às outras duas pontes, uma é a do costume — o feriado religioso do Corpo de Deus, celebrado a 20 de junho — e outra o da Assunção de Nossa Senhora, também ambos a quintas-feiras.

Menos comuns vão ser os fins de semana grandes, já que apenas três feriados deixam margem a antecipar os sábados ou a prolongar os domingos dos portugueses. Para encontrar o primeiro vai ter de esperar até à Sexta-Feira Santa, que em 2019 se celebra a 19 de abril. O segundo é o 10 de junho, o Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, que acontece a uma segunda-feira. E o terceiro é o 1 de novembro, Dia de Todos os Santos, uma sexta-feira.

Com os balanços todos feitos, o ano que agora acaba e o ano que está prestes a entrar têm o mesmo número de dias úteis: são 252. Ainda assim, talvez seja melhor aproveitar para armazenar baterias porque 2020 é um ano bissexto e, como tal, vai ter mais um dia útil que os últimos dois anos e que 2019. Para voltar a haver um ano tão descansado como o de 2017 ainda terá de esperar até 2023. Só mesmo daqui a cinco anos é que voltamos a ter apenas 250 dias úteis e 105 dias de fim de semana e feriados.

Mas o melhor é ver o calendário do Observador para saber como aproveitar melhor os dias de descanso previstos e combiná-los com as suas férias ou semanas de descanso.

Para passar de mês para mês, utilize as setas que aparecem à esquerda ou à direita de cada página. Sempre que encontrar um relógio, significa que nesse dia terá de adiantar (+1h) ou atrasar (-1h) os ponteiros por causa da mudança de horário. Além disso, também marcámos por si o dia em que entra numa nova estação do ano.