Presidente Trump

Trump dá mais um golpe no plano de saúde de Obama

O presidente norte-americano anunciou uma nova medida que corta os subsídios às seguradoras que cobrem os milhões de americanos sem seguro de saúde. É mais um golpe no Obamacare.

Getty Images

O presidente norte-americano assinou uma nova ordem executiva que representa mais um golpe no Obamacare, o plano de saúde lançado pelo seu antecessor na Casa Branca, Barack Obama. Uma decisão que implica o fim dos subsídios às seguradoras que ajudam a cobrir as despesas médicas de milhões de cidadãos com baixos rendimentos ou sem capacidade financeira para pagarem seguros de saúde, o que está a ser visto como um ataque às classes mais baixas – precisamente as que Obama tentou proteger através do Affordable Care Act, explica o jornal The New York Times.

A medida, ainda sem prazo de execução, significa um corte de subsídios na ordem dos sete mil milhões de dólares este ano, revela o Washington Post. Em paralelo, Donald Trump anunciou outra medida que permite a criação e lançamento de planos de saúde alternativos com menos benefícios e menor proteção dos consumidores. O anúncio da medida foi amplamente divulgado pelo próprio presidente e, agora, também largamente comentado.

A reação das seguradoras não se fez esperar: estão contra o fim dos subsídios antecipando o impacto ainda desconhecido que isso terá na sua atividade e na sua saúde financeira. A justificação para cortar nos custos chegou via Twitter: “Chegou o momento de agir de forma a melhorar acesso, aumentar opções e ter custos mais baixos nos cuidados de saúde.”

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Governo

Olh'ó boneco!

Helena Matos
352

O “Marcelo dos afectos” e o “Trump, pá" são os dois bonecos omnipresentes na nossa vida político-mediática. O primeiro foi eleito por nós mas não é responsável por nada. O segundo tem a culpa de tudo

Médio Oriente

Trump, o populista, e o coro dos ofendidos

José Pinto
112

O coro dos ofendidos teima em esquecer que muitos palestinianos, nas suas múltiplas fações, continuam a colocar em causa o direito à existência de Israel, pois consideram-se donos da verdade única.

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site