Rádio Observador

Eleições Europeias

António Costa: “A vitória não pode voltar a saber a pouco”

305

O autarca de Lisboa confessa ter ficado "preocupado" com a pouca vantagem do PS face à coligação de direita e pede reflexão para que nas próximas legislativas a vitória seja forte.

Costa não chegou a enfrentar Seguro nas eleições diretas para a liderança do PS

© Nuno Veiga/LUSA

Autor
  • Helena Pereira

O presidente da Câmara de Lisboa, António Costa, afirmou ao Observador que a vitória do PS nestas eleições europeias não foi uma “vitória histórica” como a de 2004 e pede mais nas próximas legislativas. “Há que refletir para garantir que então a vitória não volte a saber a pouco e para isso todos temos de estar disponíveis para fazer o que for necessário fazer”, afirmou.

O socialista confessa ter ficado contente e preocupado ao mesmo tempo.”Partilho com todos os socialistas a alegria da vitória e a preocupação de à derrota histórica da direita não ter correspondido uma vitória histórica como a que tivemos em 2004 e temos de ambicionar ter nas próximas legislativas”, afirmou.

 

Oiça as melhores histórias destas eleições europeias no podcast do Observador Eurovisões, publicado de segunda a sexta-feira até ao dia do voto.
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Ambiente

A onda verde na UE e os nacionalismos

Inês Pina
134

Se hoje reduzíssemos as emissões de CO2 a zero já não impedíamos a subida de dois graus centígrados. E estes “míseros” dois graus vão conduzir ao fim das calotas polares e à subida do nível do mar.

Combustível

Os motoristas e o mercado

Jose Pedro Anacoreta Correira
808

Quando o Governo não consegue instrumentalizar politicamente os sindicatos, passa ao ataque. A luta e defesa dos trabalhadores é só para trabalhadores do Estado e filiados na CGTP.

PSD

Rui Rio precisa do eleitorado de direita /premium

João Marques de Almeida
217

O eleitorado de direita deve obrigar Rui Rio a comprometer-se que não ajudará o futuro governo socialista a avançar com a regionalização e a enfraquecer o Ministério Público. No mínimo, isto.

Educação

Cheques de Ensino

Diogo Fernandes Sousa

Com os cheques de ensino se um pai se enganasse afetaria apenas o seu filho. Agora, se um político se engana no Ministério da Educação, como sucede regularmente, afeta toda uma geração de estudantes

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)