A Comissão Europeia confirmou hoje que já recebeu a lista definitiva de reformas com que o Governo da Grécia se comprometeu a apresentar para conseguir a extensão por quatro meses do programa.

De acordo com (vários) porta-vozes da Comissão, a lista foi recebida a tempo, depois de vários avanços e recuos nesta questão. No final do dia de ontem, a Comissão dizia que ainda estava em conversações com o governo grego sobre os compromissos apresentados e que se a lista chegasse hoje pelas 06h00, seria igualmente bem recebida.

“Ainda esperamos receber a lista hoje, mas se chegar amanhã pelas 06h00 também estará ok por nós”, disse um responsável da Comissão, citado pelo Wall Street Journal.

O importante, dizia a mesma fonte, era que as medidas estivessem em linha com o acordado no Eurogrupo, algo que um responsável europeu, citado por várias agências noticiosas, diz acreditar que é o caso.

Na noite de segunda-feira, o ministro das Finanças da Alemanha, Wolfgang Schäuble, terá entregue um pedido ao Parlamento alemão para a extensão do programa. A autorização parlamentar é obrigatória para que o processo possa avançar e este pedido está feito à condição, à espera que a lista de medidas cumpra o acordado.