Norte

Começa este sábado, em Mondim de Basto, o 6.º Festival Internacional de Teatro Miguel Torga e Stephane Fitoussi vem de Paris abrir o festival com a peça “Clown Panai”. A peça para adultos e crianças sobe ao palco da Casa da Cultura de Mondim de Basto, às 22h00, com a entrada a custar 3,50 euros.

A Póvoa de Varzim é a capital da literatura até sábado, graças à 16.ª edição do Correntes d’Escritas. Evento obrigatório para quem gosta de ler, de debater e de aprender mais sobre literatura, as Correntes acolhem mais de 50 escritores, perto de duas dezenas de lançamentos de livros, sete mesas de discussão, para além de várias outras atividades como exposições e sessões de poesia, teatro e cinema. Há também uma Feira do Livro a decorrer no Cine-teatro Garrett. O melhor é consultar o programa completo para escolher as atividades a não perder.

A Essência do Vinho volta a promover brindes e provas no Palácio da Bolsa, no Porto. É lá que vinhos e gastronomia se vão mostrar ao público, com destaque para a prova “Moscatéis de Sonho”, que reunirá moscatéis de Setúbal e do Douro dos séculos XIX e XX, incluindo aquele que foi considerado o “Vinho do Ano 2014” para a WINE, o JMF Moscatel Superior 1911 (ver programa aqui). Para visitar sexta-feira e sábado entre as 15h00 e as 21h00 e domingo das 15h00 às 20h00. A entrada custa 20 euros e inclui um copo de prova.

O cinema fantástico está de regresso ao Porto, com a 35.ª edição do Fantasporto. A abertura oficial acontece esta sexta-feira, às 21h00, com o candidato sul-coreano aos Óscares, “Haemoo”, seguido por “Bad Kids Go to Hell”, de Matthew Spradlin. Horas antes será possível ver em grande ecrã clássicos como “O Mundo a Seus Pés”, de Orson Welles, ou “Top Hat”, de Mark Sandrich, protagonizado por Fred Astaire e Ginger Rogers. Ao todo há 103 sessões, com 173 filmes, 97 dos quais inéditos em Portugal, para ver até 8 de março.

HAEMOO

O candidato sul-coreano aos Óscares, “Haemoo”, foi o escolhido para abrir o 35.º Fantasporto

Os Fãs da Rádio Vox não vão querer perder a festa que vai ocupar o Plano B, no Porto, sábado a partir das 16h00 e até à noite. O público vai poder ver ao vivo a emissão e dançar ao som das escolhas musicais. A partir da meia-noite, a festa prossegue com DJ sets de Ricardo Saló, Zé Pedro (Xutos), Pedro Ramos, Rui Vargas, Zé Marques Pinto, Serginho, Miguel Quintão e Jorge Chibanga. A entrada para esta viagem musical custa 10 euros, com oferta de uma bebida.

O Teatro Expandido!, de João Sousa Cardoso, estreia na sexta-feira às 21h30 “O Cerejal“, de Anton Tchekhov. Uma peça que pretende resgatar a visão de Tchekhov sobre a grande sociedade russa na transição de século, numa paisagem económica e social em profunda metamorfose. A apresentação de “O Cerejal” realiza-se na plateia do Auditório do Teatro do Campo Alegre, com os bilhetes a custarem cinco euros.

O projeto Locomotiva tem nova paragem marcada, este sábado, às 16h00. Mantendo como foco os locais devolutos e degradados na área de São Bento, o projeto de arte urbana desafiou agora a dupla Sten & Lex a intervir nas fachadas da antiga fábrica de máquinas Agostinho Ricon Peres, na rua da Madeira, junto à escadaria de acesso à Batalha, assim como no posto da transformação da EDP, situado em frente. Para além da instalação, para assinalar o momento a PortoLazer vai dinamizar uma festa no local, entre as 16h00 e as 23h00 deste sábado, com seis DJs que atuarão sucessivamente a partir de uma cabine que estará suspensa por uma grua colocada na rua da Madeira.

Centro

Boas notícias. O Cineclube da Feira voltou ao ativo e logo com “um projetor digital novinho em folha”, garantem. As noites de domingo voltam, portanto, a estar reservadas ao bom cinema no Auditório da Biblioteca Municipal de Santa Maria da Feira. Este domingo exibe-se “Boyhood”, um dos nomeados para o Óscar de Melhor Filme, mas que acabou por perder para “Birdman”. Vale a pena ver esta história gravada ao longo de 12 anos e onde é possível assistir ao crescimento real de Mason e da família. Os bilhetes custam quatro euros.

the legendary tigerman, sbsr, super bock super rock 2014,

O bom tigre à casa torna: esta sexta-feira, Legendary Tigerman atua em Coimbra

O bom tigre à casa torna. Isto é, Paulo Furtado, na pele de Legendary Tigerman, regressa esta sexta-feira à sua cidade, Coimbra, para um concerto imperdível no Teatro Académico de Gil Vicente. Os bilhetes custam 10 euros e antecipa-se casa cheia. No dia seguinte também há concerto em Leiria, no Teatro José Lúcio da Silva, com os bilhetes a custarem igualmente uma nota de 10.

Ainda em Leiria, o Mercado de Sant’Ana recebe o Mercadito de Palmo e Meio, domingo, entre as 10 e as 19h00. Para além de reunir várias marcas, estão previstos eventos como “Babyoga”, uma oficina de papel, horas do conto, pinturas faciais, insufláveis e “muita diversão”, promete a organização.

Na semana em que o Observador reuniu 10 sítios em Lisboa e Porto para comer Lampreia, Mação organiza, a partir de domingo, o Festival da Lampreia. O tradicional Arroz de Lampreia volta à mesa em sete restaurantes do Concelho e convida a um périplo gastronómico para conhecer melhor o bicho feio.

Sul

Restaurantes em saldos é sinónimo de Restaurant Week, a já famosa iniciativa que permite conhecer mais de 100 restaurantes de luxo de todo o país por um preço fixo de 20 euros, dos quais um euro reverte a favor de três instituições de solidariedade. O difícil vai ser escolher. Por exemplo, no Open, a brasserie do Hotel Inspira Santa Marta, o menu do evento tem raia com risotto de espargos ou bochecha de vitela assada lentamente. Mais perto da praia, o Furnas do Guincho tem cataplana de polvo e paelha de marisco, entre outras opções. Todos os menus estão disponíveis online e aconselha-se reserva prévia.

Até dia 1 de março, os atores João Reis e Ana Nave sobem ao palco do Teatro São Luiz, em Lisboa, para darem voz a O’Neill. Mas os dois atores não interpretarão Alexandre, nem Nora Mitrani, a surrealista francesa considerada um dos grandes amores da vida do poeta e musa de “Um Adeus Português”, nem Noémia Delgado, a sua primeira mulher. Isto porque Portugal, Meu Remorso, assim se chama a peça,  não é uma adaptação da obra Alexandre O’Neill: Uma Biografia Literária, apesar de a sua autora ser a responsável pela dramaturgia da peça que estreia amanhã em Lisboa. O que é então? O melhor é comprar um bilhete (12 a 15 euros) e ver ao vivo.

chocolate_quente_770x433_acf_cropped

Até domingo há Mercado do Chocolate em Cascais. A dieta vai ter de esperar

Uma coleção rara de 63 pratos de porcelana da China saiu pela primeira vez do Palácio de Santos, em Lisboa, para ser exibida ali bem perto, no Museu Nacional de Arte Antiga. “Azul sobre Ouro“, assim se chama a exposição, reúne porcelanas orientais dos séculos XVI e XVII, que, há mais de 300 anos, se exibe entre a talha dourada da cúpula piramidal desta sala do histórico palácio, atual sede da Embaixada de França. O bilhete normal custa seis euros, mas aos domingos de manhã a entrada no Museu é livre.

A Monstra – Festival de Cinema de Animação de Lisboa só começa a 12 de março, mas esta sexta-feira leva já cinema gratuito ao Largo do Intendente, em Lisboa. A partir das 22h00 vão ser exibidas várias curtas-metragens, disponíveis aqui. No sábado, a Monstra instala-se no Jardim da Estrela a partir das 19h30, com filmes especialmente dedicados para as crianças entre os 7 e os 12 anos. A entrada é gratuita.

O Mercado da Vila de Cascais acolhe, entre sexta-feira e domingo, um dos seus eventos mais concorridos: o Mercado do Chocolate. Bacalhau com chocolate? Tem, assim como as habituais trufas, pralinés, tabletes e bombons de todos os sabores. Esculturas em chocolate e uma área de showcooking com vários workshops conduzidos por chefs são outras das atrações. A entrada é gratuita.

O Queijo Serpa, com denominação de origem desde 1994 e denominação de origem protegida desde 1996, é a inspiração da 14.ª Feira do Queijo do Alentejo, que tem lugar esta sexta, sábado e domingo no Parque de Feiras e Exposições de Serpa. Produtos agroalimentares locais e de outros produtores nacionais, com destaque para as produções artesanais, também vão estar presentes nos mais de 100 expositores. Para quem não se deixa conquistar pelo estômago, a animação inclui Cante Alentejano.

A Banda do Mar chega ao Teatro Pax Julia, em Beja,este sábado à noite. Marcelo Camelo, Mallu Magalhães e Fred Ferreira, dois brasileiros e um português, decidiram juntar-se e que criaram, em 2014, um álbum homónimo que mereceu atenção. Outra coisa não seria de esperar de um trio formado por Marcelo Camelo, que integrou os Los Hermanos, Mallu Magalhães, que com 22 anos é uma das grandes revelações da música brasileira, e Fred Ferreira, conhecido pelo trabalho como baterista em bandas como Orelha Negra, 5-30 e Buraka Som Sistema. Os bilhetes custam 7,50 euros.