438kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 29.99/mês aqui.

United Airlines recusa dar lata de Coca-Cola fechada a muçulmana durante o voo

Este artigo tem mais de 5 anos

Uma mulher muçulmana está a acusar a United Airlines de islamofobia por lhe ter sido recusada uma lata de Coca-Cola fechada no avião. O argumento usado foi que poderia servir de arma.

Milhares de partilhas no facebook e ameaças de boicote à companhia no twitter. Apoios a Tahera Ahmad multiplicam-se
i

Milhares de partilhas no facebook e ameaças de boicote à companhia no twitter. Apoios a Tahera Ahmad multiplicam-se

Getty Images

Milhares de partilhas no facebook e ameaças de boicote à companhia no twitter. Apoios a Tahera Ahmad multiplicam-se

Getty Images

Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

O episódio que se passou com Tahera Ahmad num voo da United Airlines, entre Chicago e Washington, no final da semana, está a tornar-se viral nas redes sociais, por estar a ser interpretado como um ato de islamofobia. Esta muçulmana relata que pediu uma lata de Coca-Cola fechada, por razões de higiene, e que a assistente de bordo recusou satisfazer-lhe o pedido, ao contrário do que aconteceu com o passageiro do lado.

Numa publicação no seu perfil de Facebook, que já teve mais de 7.300 partilhas, Tahera Ahmad denuncia que foi alvo de discriminação e descreveu o momento, contando que depois de a assistente de bordo lhe ter recusado a lata fechada, deu uma lata de cerveja fechada ao passageiro do lado. E quando Tahera Ahmad questionou a dualidade de critérios, a assistente de bordo terá respondido que não estava “autorizada a dar latas fechadas às pessoas porque elas podem usá-las como uma arma no avião”.

I am sitting on a United airlines flight in the air 30,000ft above and I am in tears of humiliation from discrimination....

Posted by Tahera Ahmad on Sexta-feira, 29 de Maio de 2015

Além da discriminação no atendimento, Ahmad conta ainda que outros passageiros a ofenderam, chamando nomes e dizendo que, como muçulmana que é, tinha de “calar-se”.

Entretanto, ativistas muçulmanos já começaram a dizer nas redes sociais que o ato é “imperdoável” e muitos cibernautas comentaram a publicação dizendo que não viajarão mais pela United Airlines.

A mesma assistente de bordo acabou por pedir desculpas a Tahera Ahmad, logo depois de a muçulmana ter sido ofendida por outro passageiro. A assistente pediu desculpas pelos dois e terá mesmo admitido que o seu comportamento foi “anti-ético” e que “não devia ter dito nada”.

O porta-voz da United Airlines Charles Hobart disse ao The Guardian que a companhia estava a tentar entrar em contacto com Ahmad, a fim de “obter uma melhor compreensão do que ocorreu durante o voo” e disse ainda que a United Airlines estava a averiguar o suposto incidente com a Shuttle America, parceira regional da United que operava o voo. Ahmad já mostrou o desagrado perante as declarações públicas da companhia de aviação, dizendo que eles deveriam ter feito um pedido de desculpas e explicando que já tinha viajado muitas vezes naquela operadora e que nunca lhe tinham recusado latas fechadas.

A página está a demorar muito tempo.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.