Estará Lionel Messi de saída do Barcelona num futuro próximo? Os rumores têm sido apontados pelos tablóides ingleses “The Sun” e “Daily Mirror”, que indicam que o argentino estará preparado para deixar a Catalunha. Um dos motivos é o seu problema com a justiça espanhola: Messi foi recentemente acusado de fraude fiscal pelas autoridades espanholas, num processo que deverá chegar a tribunal.

Segundo o jornal “The Sun”, os representantes do avançado argentino já se terão reunido com três clubes ingleses: o Chelsea, liderado pelo português José Mourinho, onde Messi poderia encontrar os seus ex-colegas do Barcelona Pedro Rodríguez e Cesc Fàbregas; o Manchester United, orientado por Van Gaal, e o Manchester City, que contratou este ano o extremo inglês Raheem Sterling por um valor próximo dos 68 milhões de euros.

Lionel Messi estará a considerar a mudança para a Premier League e ter-se-á mesmo mostrado recetivo à saída do Barcelona, relatam os jornais ingleses.

O avançado argentino de 28 anos, vencedor da Bola de Ouro da FIFA em três anos consecutivos (2010, 2011 e 2012), termina contrato com o clube espanhol a 30 de junho de 2018 e tem uma cláusula de rescisão que mete respeito: 260 milhões de euros. 

Os rumores que apontam o interesse do Chelsea FC em Lionel Messi já existem desde novembro da época passada, altura em que se noticiava uma potencial parceria entre o clube inglês e a Adidas para angariar os 260 milhões de euros necessários à contratação do astro argentino.

Mas a capacidade financeira dos dois clubes de Manchester pode levar Messi a outras paragens. E para além destes existe ainda o Arsenal, liderado por Arsene Wenger, que em julho deste ano afirmava que o clube tem dinheiro para gastar: “Não estamos relutantes em gastar dinheiro. Agora temos dinheiro, e se encontrarmos os jogadores certos vamos gastá-lo”, afirmou à data o treinador francês.