Quatro bombistas suicidas fizeram-se explodir numa vila no norte dos Camarões vitimando mortalmente pelo menos 25 pessoas, avança a agência Reuters que cita fontes oficiais.

Dois dos atacantes terão entrado no mercado central de Bodo enquanto os outros tiveram como alvo as principais entradas e saídas da cidade.

A mesma fonte oficial explicou que “houve um quádruplo atentado suicida na vila de Bodo esta manhã. Há cerca de 25 mortos e vários feridos”.

Apesar de ainda nenhum grupo ter reivindicado o ocorrido, esta área tem sofrido vários ataques sendo que muitos estão conectados com o grupo Boko Haram que começou a expandir a violência para fora das fronteiras da Nigéria no ano passado. Os Camarões, o Níger e o Chade têm sido dos alvos preferenciais da organização nos últimos tempos.

Este não é o primeiro atentado que ocorre na região, mas segundo os números agora apontados parece ser o mais mortífero, isto porque já no fim de dezembro duas bombistas suicidas fizeram-se explodir mas sem provocar vítimas por terem sido impedidas de entrar no mesmo mercado onde hoje ocorreu a explosão.

No dia 13 de janeiro outro atacante fez-se explodir numa mesquita em Kouyape também no norte do país matando 12 pessoas.