A equipa de Marcelo Rebelo de Sousa está a estudar uma maneira de tornar original a tomada de posse do novo Presidente da República, que vai acontecer no dia 9 de março.

De acordo com o jornal Sol (notícia disponível na edição em papel), a cerimónia poderá ser aberta ao público de forma a envolver mais as pessoas, ainda que seguindo o “protocolo” habitual. Normalmente, escreve o semanário, a tomada de posse do Presidente limita-se a dois discursos – um do Presidente que está de saída, neste caso, Cavaco Silva, e outro do seu sucessor, neste caso, Marcelo Rebelo de Sousa.

Escreve ainda o mesmo jornal que a Presidência da República poderá vir a ter uma TV. A “TV Marcelo”. O modelo não estará ainda definido mas o objetivo é aproveitar os dotes de comunicação do novo Presidente, seja através de um canal de televisão, um site ou tempos de antena mais frequentes.