As autoridades italianas estão a investigar a hipótese de homicídio, depois de terem encontrado o corpo de Beau Solomon, estudante de 19 anos do Wisconsin, no rio Tibre. A Fox News explica que o corpo apresentava uma ferida na cabeça e a roupa tinha vestígios de sangue, no entanto, a autópsia preliminar concluiu que os indícios apenas indicavam que o jovem tinha caído e passado alguns dias dentro de água. A causa da morte ainda está por apurar.

Beau Solomon estava desaparecido desde quinta-feira à noite. Tinha chegado a Roma nesse mesmo dia e foi sair com amigos. Um colega terá reportado à Universidade que não via Beau desde o início da madrugada de sexta-feira. As autoridades estão a investigar a hipótese de homicídio depois de dois italianos terem alegado que viram um homem a atirar alguém ao rio durante a madrugada de sexta-feira junto à ponte Garibaldi.

A família do jovem contactou o banco e detetou que foram creditados milhares de dólares no cartão de crédito de Beau, incluindo despesas numa loja em Milão. Solomon não tinha consigo nem a carteira, nem o telemóvel, pelo que tudo indica que terá sido um roubo.

O jovem frequentava o primeiro ano de uma pós-graduação em finanças. A família diz que sonhava ser advogado. Ainda em criança, venceu uma batalha contra o cancro que durou 10 anos. A Universidade onde estudava, a John Cabot University, expressou as condolências à família e amigos de Beau. Este não é o único caso trágico que envolve um estudante norte-americano em Itália.

Em 2012, um estudante também da John Cabot University foi esfaqueado pelo colega de quarto. A vítima sobreviveu. Um outro jovem sofreu uma queda de vários metros junto à margem do rio. Outro caso trágico foi o de um jovem que foi encontrado morto numa via-férrea junto a um túnel. Terá sido atropelado por um comboio durante a madrugada.