Os relógios em Lisboa marcavam 11h e já a Nova Zelândia entrava em 2017. Os países situados no centro do Pacífico Sul são os primeiros a entrar no novo ano (têm o fuso horário GMT +13 horas) e as celebrações foram — sem surpresas — marcadas por muito fogo de artifício.

Na Nova Zelândia, o fogo foi lançado, como é habitual, da Sky Tower, em Auckland.

https://twitter.com/Elverojaguar/status/815152035867795456

Passadas duas horas, também a baía de Sidney se iluminou com fogo de artifício sobre a Harbour Bridge e na Opera House. Aqui fica um vídeo sobre como tudo foi preparado para dar as boas vindas a 2017 do outro lado do mundo:

Na leva seguinte de entradas em 2017 (eram 15 horas em Lisboa) estiveram países como o Japão, a Coreia do Norte ou a Tailândia. E Hong Kong também entrou no Novo Ano uma hora depois destes países.

As imagens da noite de Ano Novo registadas na Coreia do Sul é que fogem à regra, já que o momento não fez desmobilizar os protestos que decorrem contra a Presidente Park Geun-hye. A destituição foi aprovada pelo Parlamento coreano na sequência do seu envolvimento num caso de corrupção e os manifestantes exigem que a presidente resigne ao cargo, manifestando-se em massa em Seul mesmo na passagem de ano.

Protesters attend a candle-lit rally calling for South Korean President Park Geun-Hye's immediate departure from her office, in downtown Seoul on December 31, 2016. South Korea sees in the new year with a massive protest calling for an immediate arrest of impeached President Park Geun-Hye. / AFP / JUNG Yeon-Je (Photo credit should read JUNG YEON-JE/AFP/Getty Images)

Protesto pela resignação de Park Geun-Hye na noite de Ano Novo em Seul.

Às 16 horas em Lisboa, já em Taiwan se festejava o Ano Novo, com um fogo de artifício que explodia do famoso arranha-céus 101. Pode ver a contagem decrescente e o espetáculo pirotécnico no vídeo abaixo.

Na Tailândia, durante as celebrações do Ano Novo, várias pessoas acenderam velas em homenagem ao Rei Bhumibol Adulyadej, em frente ao Grande Palácio. No Dubai, o fogo de artifício no Burj Khalifa. marcou a entrada no Ano Novo. Pode ver o vídeo desse momento abaixo.