O ainda Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, homenageou o seu vice-presidente, na noite de quinta-feira com a mais alta condecoração dada a um civil: a Medalha presidencial da Liberdade. Obama tem ainda cerca de uma semana para se despedir da Casa Branca e agradecer a quem o ajudou na caminhada presidencial de oito anos à frente dos comandos norte-americanos. Por isso, Obama fez questão de surpreender o seu vice-presidente, Joe Biden, condecorado-o com a mais alta distinção dada a um civil nos Estados Unidos da América: a medalha presidencial da Liberdade.

Joe Biden foi o braço direito do Presidente nos seus dois mandatos e oito anos, que terminam dia 20 deste mês, e Obama afirmou nunca ter tido dúvidas sobre a sua escolha. O ainda presidente norte-americano disse também que Biden teve sempre “fé nos seus compatriotas americanos, e amor pelo país, com uma vida de serviço” pela América.

Foi a melhor escolha, não só para mim, como para o povo americano também”, afirmou Obama no discurso que fez antes da condecoração .

Visivelmente surpreendido e emocionado (virou-se, inclusive, de costas para a plateia para limpar as lágrimas), Biden recebeu a distinção, revelando depois que “não fazia ideia” que Barack Obama o iria homenagear daquela maneira.

O momento, tanto os discursos como a condecoração, foi depois colocado no canal oficial da Casa Branca no Youtube.

No twitter da Casa Branca o momento ficou também imortalizado:

“Quero agradecer muito, muito, muito, a todos vocês”, pode ler-se num outro tweet uma das frases de Joe Biden após a condecoração.