O número de trabalhadores da Função Pública aumentou em 6.761 pessoas no espaço de um ano, para mais de 669 mil pessoas no final de março. E mais de metade do aumento é de trabalhadores precários, noticia esta terça-feira o Diário de Notícias.

A informação baseia-se na última edição da Síntese Estatística do Emprego Público (SIEP). O boletim informa que desses 669.237 trabalhadores da Função Pública, 75.667 são pessoas a trabalhar com contrato a termo — mais 3.909 do que no período homólogo. É um aumento de cerca de 5% dos contratos precários, ou seja, a uma velocidade mais rápida do que o crescimento de 1% do emprego na Função Pública.

O reforço destes precários aconteceu essencialmente nos ministérios da Educação e da Saúde, acrescenta o Diário de Notícias. O aumento da contratação precária ocorre num momento em que está em marcha um programa extraordinário de integração dos precários da Função Pública. Portugal tinha mais de 727 mil funcionários públicos no final de 2011, assinala, ainda, o jornal.