Ataque, contra-ataque, ataque. A crise da Catalunha continua a marcar a atualidade internacional e, em entrevista à agência Efe no Palácio de la Moncoa citada pelo El País, Mariano Rajoy, chefe do executivo espanhol, voltou a deixar um sério aviso ao presidente de Generalitat, Carles Puigdemont.

“Se tenho uma solução? Sim, e a melhor é o rápido regresso à legalidade e a afirmação, o mais breve possível, que não fará uma declaração unilateral de independência porque com isso evitará males maiores”, atirou em resposta à declaração de Carles Puigdemont na noite desta quarta-feira.

“A melhor solução, e aquela que todos nós partilhamos, é o regresso à legalidade, que todas aquelas pessoas e governantes que decidiram por sua conta e risco liquidar a lei e colocar-se fora dela voltem à legalidade”, acrescentou, antes de detalhar o que entende por males maiores.

“É essa solução que pode fazer com que se evitem males maiores no futuro e é o que está a pedir toda a sociedade, os editoriais dos media, os empresários, os sindicatos e milhões de catalães”, reforçou.