Estados Unidos da América

Pedidos de subsídio de desemprego nos EUA diminuem para mínimos de 50 anos

Já a média dos pedidos de subsídio de desemprego durante o último mês, um indicador mais fiável da evolução do mercado laboral, caiu em 500 pedidos, para 214.250.

JUSTIN LANE/EPA

Os pedidos de subsídio de desemprego nos Estados Unidos diminuíram em 6.000 na semana passada, para 213.000, face à semana anterior, situando-se em mínimos de há 50 anos, informou esta quinta-feira o Ministério do Trabalho norte-americano.

A descida foi superior à esperada pelos analistas que previam 217.000 novos pedidos na semana concluída em 4 de agosto.

Já a média dos pedidos de subsídio de desemprego durante o último mês, um indicador mais fiável da evolução do mercado laboral, caiu em 500 pedidos, para 214.250.

Os analistas continuam a afirmar que o mercado de emprego nos Estados Unidos se tem mantido robusto no primeiro ano e meio de mandato do presidente norte-americano, Donald Trump, sendo que a taxa de desemprego se situou em 3,9% em julho.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)