Que há fins de relações e divórcios mais simples que outros todos sabemos, que por vezes levamos os problemas pessoais para o trabalho também. Mas e se o local de trabalho for a bordo de uma estação espacial e for cometido um crime? É mesmo isso. Summer Worden acusa a ex-mulher Anne McClain de roubo de identidade e de aceder à sua conta bancária sem autorização.

Summer Worden começou a ter suspeitas quando percebeu que a astronauta Anne McClain, ex-companheira, continuava a saber onde gastava o seu dinheiro. Acabou por descobrir que, a partir de um computador registado na NASA alguém tinha acedido à sua conta bancária. O acesso não tinha sido um qualquer — tinha sido feito a partir do espaço, já que McClain estava a bordo de uma missão de seis meses.

A astronauta Anne McClain reconheceu mais tarde que acedeu à conta da ex-mulher a partir do espaço, mas que o fez apenas para supervisionar aquelas que eram as contas que mantinham ainda em conjunto e nega que tenha feito qualquer coisa de errado, segundo o New York Times. Quem não concorda com esta versão dos factos é a ex-mulher, Summer Worden, que fez um queixa por roubo de identidade e acesso indevido aos registos financeiros privados.

A investigação, daquilo que pode ser o primeiro crime cometido a partir do espaço, já está a decorrer. De acordo com especialistas não havia até agora registo de qualquer crime realizado a bordo de uma estação espacial.