O antigo futebolista e treinador Jack Charlton morreu esta sexta-feira, aos 85 anos, depois de nos últimos tempos ter sofrido de linfoma e demência, anunciou este sábado a família.

“Jack morreu em paz na sexta-feira, 10 de julho, aos 85 anos. Estava em sua casa em Northunberland, ao lado da sua família. Não podemos deixar de expressar o quão orgulhosos estamos da vida extraordinária que teve e por todas as alegrias que deu a muita gente de diferentes países”, revelou, em comunicado, a família, que lembra uma “boa pessoa, honesta, divertida e genuína, que tinha sempre tempo para as pessoas”.

Republic of Ireland v England - Three International Friendly

“Big Jack” teve uma carreira longa no Leeds e na seleção inglesa

Irmão mais novo de Bobby Charlton, Jack fez toda a carreira de futebolista no Leeds, ao longo de 23 anos, com 773 jogos no total e 96 golos, apesar de ter sido defesa central. Venceu todos os títulos em Inglaterra, incluindo um campeonato, mas também uma Taça das Cidades com Feiras (precursora da Taça UEFA, hoje Liga Europa).

Ao serviço da seleção inglesa, foi, ao lado do irmão Bobby, campeão do mundo em 1966, num Mundial em que Inglaterra eliminou Portugal nas meias-finais. Fica para a história a foto tirada no final desse jogo a Eusébio, que saiu de campo em lágrimas.

Pela seleção fez um total de 35 jogos e 6 golos, participando ainda no Mundial do México, em 1970, embora sem o mesmo êxito. Inglaterra seria afastada pela Alemanha — que tinha derrotado em 1966 — nos quartos de final.

Como treinador, Jack Charlton passou por Middlesbrough, Sheffield Wednesday e Newcastle United, mas foi com a seleção irlandesa que teve mais sucesso, levando a equipa ao Euro 88 e aos quartos de final do Mundial 90, em Itália.