Em época de transição para uma mobilidade mais sustentável, têm sido vários os construtores a assinalar a evolução com uma renovação da sua imagem corporativa. A Toyota é o exemplo mais recente, depois de fabricantes como a BMW, a Volkswagen, a Opel e a Nissan terem também optado por actualizar os respectivos emblemas.

No caso da Toyota, as mudanças são tão subtis que podem passar despercebidas aos menos dados a pormenores. O logótipo parece idêntico ao que agora conhecemos, salvo pelo facto de perder os efeitos a três dimensões, o que, de certa forma, fá-lo perder relevo. Ou, se quisermos, parecer mais “plano”.

Outra das alterações é que o nome da companhia deixa de surgir na parte inferior do emblema. Segundo fontes citadas pela Design Week, esta decisão parte do princípio de que será difícil encontrar alguém que não reconheça o símbolo do maior construtor automóvel do mundo… Se o logo é imediatamente associado ao fabricante nipónico, o facto de prescindir dele resulta numa imagem mais “simples, moderna e transparente”, argumenta a empresa responsável pela nova imagem da divisão europeia da Toyota, a consultora The&Partnership. O mesmo princípio foi aplicado ao slogan “Always a Better Way”, que desaparece para “simplificar” a presença da marca, sobretudo nos suportes digitais.

Finalmente, também o tipo de letra utilizado na comunicação da Toyota é renovado, resultando um grafismo mais leve e, simultaneamente, elegante. Mas, como os japoneses gostam de ir ao detalhe, nem a paleta de cores escapa. De acordo com a The&Partnership, a preferência passa a recair em cores primárias, perseguindo um posicionamento mais premium e progressista.