Esperava-se que o Twingo ZE, fosse o eléctrico de que a Renault necessitava para fazer frente aos VW e-up!, Seat Mii Electric e Skoda Citigoe iV, propostos entre 20.000 e 22.000€, mas tudo indica que a versão eléctrica do citadino francês não será comercializada por menos de 25.000€. Pelo menos, a fazer fé numa fuga de informação originada na Alemanha.

É bom que existam os Tesla Model S, X e 3, os Porsche Taycan, Jaguar I-Pace, os Audi e-tron e os Mercedes EQC, modelos eléctricos a bateria mais luxuosos, maiores e mais sofisticados, que se revelam capazes de atrair os clientes mais exigentes. Mas, independentemente de existirem propostas mais racionais acima dos 30.000€, como os Renault Zoe e Nissan Leaf, a que se vai juntar em breve o VW ID.3, a verdadeira democratização dos automóveis alimentados por bateria só se vai conseguir com a oferta de eléctricos na fasquia dos 20.000€. E tudo indicava que o Twingo ZE seria um desses modelos.

7 fotos

O Twingo ZE está pensado há muito, o que faz sentido, uma vez que é a Renault que produz para a Smart o ForFour EQ. Mas os franceses sempre acharam muito reduzida a autonomia de 129 km em WLTP do Smart, fruto de uma bateria com apenas 17,6 kWh, pelo que esperaram pacientemente por uma evolução da química que permitisse encaixar uma maior densidade energética dentro do reduzido espaço disponível. E se o Twingo eléctrico chegou a estar pensado apenas para 2022, a necessidade de reduzir as emissões médias da marca e de fazer frente aos citadinos do Grupo Volkswagen fizeram avançar a comercialização para fins de 2020.

Com o mesmo motor do Smart (82 cv), mas uma bateria de 22 kWh, ainda assim menos do que seria de esperar, o Twingo oferece 180 km (WLTP) entre recargas, algures entre os 129 km do Smart e os 260 km dos rivais da VW, Seat e Skoda. E, em termos de preço, se os franceses sempre admitiram que o Twingo ZE seria mais barato do que o Smart ForFour EQ, tudo indica que houve uma mudança de estratégia, que pode conduzir a um aumento do preço em cerca de 20%.

6 fotos

Segundo um documento do Ministério da Economia alemão, a que a imprensa francesa também dá eco, o Twingo tem na Alemanha um preço antes de IVA de 20.831€, um valor abaixo do VW e-up! (22.605€), mas muito acima do Seat Mii Electric (17.352€) e Skoda Citigoe iV (17.605€). A menos que se trate de uma versão de lançamento, particularmente bem equipada – é denominada Twingo ZE Vibes –, que mais tarde seja complementada por versões com menos equipamento e preço a condizer, o preço base de 20.831€ deverá dar origem a um valor, com o IVA português (23%), próximo dos 25.622€.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR