Um homem armado fez seis reféns esta quinta-feira num banco em Le Havre, no Norte de França. As unidades de elite da polícia francesa foram chamadas ao local, anunciaram as autoridades.

Passado algum tempo, o homem de 34 anos – que a polícia disse ter um historial de problemas mentais – acabou por soltar dois dos reféns, duas mulheres.

O suspeito está armado com uma pistola.

O jornal “Le Parisien” adianta que um refém conseguiu escapar após 45 minutos da tomada do banco por parte do autor do crime. O refém escapou instantes antes do sequestrador ter encerrado todas as saídas do banco.

Momentos depois o sequestrador deixou sair mais um refém, um funcionário do banco, pelo que neste momento se encontram apenas dois reféns na sua “posse”.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Fontes das autoridades policiais francesas avançam que estão a estabelecer contacto com o homem de 34 anos, de modo a averiguar as suas intenções com este ato.

A prefeitura do departamento do Sena Marítimo, na Normandia, indicou, na sua conta oficial na rede social Twitter, que houve uma “intervenção” da polícia no centro da cidade, tendo convidado os cidadãos a evitarem a zona e respeitarem o perímetro de segurança.