Um surto de Covid-19 num lar de idosos na freguesia rural de Fortios, no concelho de Portalegre, infetou pelo menos 11 utentes e funcionários, disse esta segunda-feira à agência Lusa o presidente da instituição. “Os resultados dos testes que recebemos hoje dão conta de seis colaboradoras e cinco utentes infetados”, disse o presidente do Lar de São Domingos – Associação dos Amigos da Terceira Idade de Fortios, Manuel Chagas.

De acordo com o responsável desta instituição com 79 residentes e 66 funcionários, o primeiro caso foi detetado “na passada semana”.

Os infetados estão isolados, nós temos condições boas para fazer isso. Mas se forem mais já a dificuldade é maior”, alertou.

Manuel Chagas considera, para já, que a situação “está controlada”, acrescentando que os infetados estão “assintomáticos”.

De acordo com o relatório publicado esta segunda-feira pela ULSNA na sua página na Internet, o distrito de Portalegre conta com um total de 24 mortes associadas à Covid-19 desde o início da pandemia. No documento é referido que o distrito de Portalegre registava 559 casos ativos, 586 casos recuperados e 37 pessoas internadas nas unidades hospitalares da região.

A lista de casos ativos é liderada pelo concelho de Portalegre, com 298 casos. Seguem-se Elvas, com 54 casos ativos, Nisa (46), Crato (42), Gavião (36) e Arronches com 19 casos ativos. O concelho de Marvão apresenta 13 casos ativos, Campo Maior 12, Ponte de Sor 11, Fronteira nove, Castelo de Vide seis, Alter do Chão cinco e Monforte quatro casos ativos.

No mesmo relatório, a ULSNA indica que foram feitos até esta segunda-feira 29.089 testes de diagnóstico no distrito de Portalegre. Portugal contabiliza pelo menos 4.505 mortos associados à Covid-19 em 298.061 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS).