Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Um homem australiano de 29 anos foi mordido por um turbarão enquanto praticava surf, na Baía de D’Estrees, na ilha de Kangaroo. A vítima ainda nadou até terra e andou perto de 300 metros para pedir ajuda.

O paramédico, Michael Rushby, que estava de folga, assistiu o surfista ao lado de uma estrada e afirmou que este tinha “graves ferimentos”  nas costas e nas pernas, resultantes de uma “grande mordida de tubarão”.

Em declarações ao The Guardian, o médico afirmou que conseguiram “estabilizar a hemorragia, tratar os ferimentos e controlar a dor” do homem.

“Estava sentado na minha prancha quando senti um golpe no meu lado esquerdo. Mordeu-me na zona das costas, nádegas e do cotovelo e arrancou um pedaço da prancha. Vi o tubarão de relance e desapareceu”, afirmou o surfista já no hospital.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR