O piloto britânico de Fórmula 1 Lando Norris, da McLaren, testou positivo para o novo coronavírus, pelo que iniciou uma quarentena de duas semanas no Dubai. “Ontem [segunda-feira] perdi o paladar e o olfato, pelo que me isolei imediatamente e fiz um teste (…) que deu positivo”, escreveu no Twitter o competidor de 21 anos.

A McLaren disse, na mesma rede social, que o seu piloto está no Dubai “em férias” e que, de acordo com os procedimentos locais, deve permanecer “isolado no seu hotel durante 14 dias”. “Ele sente-se bem e não apresenta outros sintomas”, acrescentou a escuderia sobre o nono classificado no mundial de 2020.

Em 2021, Lando Norris cumpre a terceira época na Fórmula 1 com a McLaren, fazendo equipa com o australiano Daniel Ricciardo, que substitui o espanhol Carlos Sainz Jr., que saiu para a Ferrari.

Este é o quarto caso de infeção pelo novo coronavírus entre os pilotos do mundial de Fórmula 1, depois do mexicano Sérgio Pérez, do canadiano Lance Stroll e do britânico Lewis Hamilton. Hamilton testou positivo em novembro, o que o impediu de participar no Grande Prémio do Bahrein, contudo recuperou a tempo de celebrar o seu heptacampeonato, na derradeira corrida do ano, em Abu Dhabi.

O mundial de 2021 está previsto começar em 21 de março em Melbourne, contudo mantém-se a incerteza face às restrições de viagens para a Austrália relacionadas com a pandemia de covid-19.