O tempo está a contar para os candidatos às primárias republicanas que esperam ser os escolhidos para representar o partido na corrida à Casa Branca, em 2024. A caminho da reta final, realizou-se na quarta-feira no estado do Alabama o quarto e último debate republicano do ano, que ficou marcado por confrontos e trocas de insultos entre os participantes.

Numa altura em que já se somam três desistências, subiram apenas em palco quatro candidatos: Ron DeSantis, governador da Florida; Nikki Haley, ex-governadora da Carolina do Sul; Chris Christie, antigo governador de Nova Jérsia; e o empresário Vivek Ramaswamy, uma estreia no mundo da política. As ausências foram o antigo governador do Arkansas Asa Hutchinson, que não cumpria o requisito de apoios necessários para participar e, sem  surpresa, o ex-Presidente e candidato na liderança, Donald Trump, que já tinha recusado participar nas edições anteriores.

Trump, DeSantis e Pence lideram nas primárias republicanas. O primeiro está “vulnerável”, o segundo “estagnado” e o último deve “afundar”

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.