818kWh poupados
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Fátima Vizeu Pinheiro

Convidado

Artigos publicados

Solidão

O que vale uma companhia?

A solidão mais profunda não é a física mas a outra, aquela que não sossega apenas com o estarmos rodeados de pessoas. Todos sabemos que “viver sob o mesmo tecto” não é igual a “não estar só”.
Europa

Esta Europa des-humana precisa da dinamite de Niet

O pensamento de Nietzsche é dinamite necessária e urgente para explodir a Europa envelhecida numa moral de rebanho.
Filosofia

Um artigo de opinião é uma verdade só para mim?

Opinar, defendo aqui, é reconhecer articuladamente um ponto vista com exigências de universalidade.
Europa

Dois amores fazem duas Europas

Indagar da realidade da Europa impõe uma consciência do tempo e da História que não se compadece com o idealismo do homem medida de todas as coisas.
Comportamento

Para esperar é preciso ter recebido muito!

Muitas são os ditos e dizeres sobre a esperança. Que é a última a morrer, que quem a tem tudo alcança, e por aí. Mas também se diz que quem espera desespera. Em que ficamos?
Descobrimentos

O Elogio das Conquistas

Estamos em pleno período de Comemoração dos 500 anos do nascimento de Camões, que de forma ímpar e excelsa, cantou  a epopeia dos barões assinalados que somos nós. Tempo propício à memória, portanto.
Homossexualidade

A minha homossexualidade

As feridas emocionais não se apagam, não se pode nelas clicar Delete!  Mas as feridas emocionais podem ser postas em perspectiva, e assim não obstaculizar um Amor Maior.
Poesia

Com que pena lembramos Camões?

Celebrar Camões é celebrar a aspiração de amor que todo o homem traz em si, fogo que arde sem se ver.  Celebrar Camões é celebrar Abril sem que os cravos tapem o poeta.
Família

Família: o lugar da mais bela e potente diferença

A família contem a maior diferença possível entre os seres vivos: a diferença sexual, diferença que a ideologia de género pretende negar.
Páscoa

A Páscoa é o Ato da Primavera

Importa reconhecer o pioneirismo de Oliveira em considerar o Cristianismo como um acontecimento e não apenas a memória de uma coisa passada, ou uma mensagem, ou conjunto de valores.
Assembleia Da República

Temos os governantes que merecemos!

O episódio de terça-feira dá-nos a prestação infantil de um líder sem bom senso, ou o mínimo de racionalidade, longe do que realmente importa.
Legislativas 2024

A utilidade do meu voto

O presente é o tempo útil. É agora que tudo se joga. Votar é acreditar na força da responsabilidade na construção do futuro.
Natal

O Natal é uma grande aventura

Interessa-me um Natal palpável, que nada despreza, a que tudo interessa menos o egoísmo que radica numa ausência de crítica, de espiritualidade, ou de conhecimento da realidade.
Cristianismo

Santos todos da minha vida

Teresa ensinou-me que a criança fala verdade quando diz “eu quero tudo”. É com este seu Tudo ou nada que Teresa apresenta muito bem o que todos os santos têm em comum.
Igreja Católica

Teresinha de Jesus

Não escreveu grandes tratados, mas é uma teóloga genial a mostrar, numa época onde o orgulho impera, a irrazoabilidade do racionalismo.
Homem

Cultura: o património da humanidade

Olhemos para o tal dado sobre o qual se constrói a nossa vida. Foi o que Marx não fez, ele que foi mais um teólogo que um economista, quis sê-lo sem Deus.
Papa Francisco

Viagens na Sua Terra

Eu vejo este Papa como um homem de um entusiasmo e bondade desarmantes. Quando diz que o Senhor ama uma pessoa transexual não faz uma revolução. A revolução no Amor foi feita há mais de 2000 anos.
JMJ 2023

A mochila do Papa

As JMJ são para aqueles que por força da idade e natureza ainda não cancelaram as perguntas sobre o sentido, fazendo assim ius ao pessoano "Querendo quero o infinito".
Cristianismo

O que há de mais querido no Cristianismo?

Todas as grandes religiões, pelos seus grandes mediadores, indicaram um caminho; em nenhuma delas alguém se afirma o caminho. Apenas o cristianismo apresenta tal pretensão.
Inteligência Artificial

A inteligência vai nua!

O don't worry, be happy, é poucachinho, não nos realiza, por uma simples razão: obriga-nos a fechar os olhos ao que nos dói; convida-nos a avançar tapando os buracos que a estrada tem.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Para ler este artigo grátis, registe-se gratuitamente no Observador com o mesmo email com o qual recebeu esta oferta.

Caso já tenha uma conta, faça login aqui.

Vivemos tempos interessantes e importantes

Se 1% dos nossos leitores assinasse o Observador, conseguiríamos aumentar ainda mais o nosso investimento no escrutínio dos poderes públicos e na capacidade de explicarmos todas as crises – as nacionais e as internacionais. Hoje como nunca é essencial apoiar o jornalismo independente para estar bem informado. Torne-se assinante a partir de 0,18€/ dia.

Ver planos