820kWh poupados
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Pedro Afonso

Convidado

Artigos publicados

Politicamente Correto

As microagressões e o novo puritanismo

Uma sociedade que absolutiza as microagressões é uma sociedade de pensamento único, sem liberdade e intolerante. Estamos a resvalar para um ambiente social psicótico dominado pelo delírio persecutório
Televisão

Jornalismo: menos dopamina e mais empatia

Neste processo a que estamos a assistir, existe outro perigo: o cansaço do jornalismo. A migração do público e dos jovens para as redes e para os influencers é uma contra atitude, um gesto de protesto
Jovens

A emigração é para todos, todos, todos!

Os jovens diplomados não emigram apenas pelos baixos salários praticados, muitos desejam simplesmente ter uma “vida normal”. Esta é uma geração com receio de ter filhos, pobre e desconsiderada.
Abusos na Igreja

A nudez psicológica e interrogações sem resposta

Este trabalho da Comissão Independente não deveria ter sido iniciado sem que a Igreja oferecesse, em simultâneo, apoio às vítimas. Não se dá “voz ao silêncio” se não soubermos cuidar da voz que sofre.
Assembleia Da República

Quando as leis substituem a terapia

Na prática clínica nunca se viram tantos casos de adolescentes confusos e baralhados com a sua identidade de género. Vêm influenciados e pressionados pela doutrina das escolas, media e redes sociais.
Trabalho

A demissão silenciosa (quiet quitting) vai acabar 

Se o desemprego aumentar com a recessão económica, as pessoas que agora orgulhosamente manifestam a sua “demissão silenciosa” no TikTok vão ser provavelmente as primeiras a perder os seus empregos.
Aborto

O aborto nunca se esquece

Excluindo os casos de personalidades antissociais a decisão de abortar é difícil, feita em condições trágicas e muitas vezes traumáticas. Quem disser o contrário está a falsificar a verdade dos factos
Guerra na Ucrânia

A saúde mental de Putin e a banalização do mal

Habitualmente as negociações de paz têm sucesso quando há um impasse militar ou quando uma das partes do conflito vence a outra. Esperemos que, no caso da guerra da Ucrânia, haja uma terceira via.
Natalidade

As consequências das políticas “anti-bebé”

A maternidade foi desqualificada através de uma mentalidade hedonista e individualista. Ter filhos não faz parte dos planos de muitos jovens. Isto é reflexo do ambiente egocêntrico e materialista.
Assembleia Da República

Canábis, negacionismo e irresponsabilidade

O que está aqui em causa não é o paternalismo do Estado, mas a existência de uma ética política, pelo que não é legítimo em democracia aprovar uma lei iníqua que coloca em risco a saúde publica.
Eutanásia

O sofrimento só existirá se o Estado o permitir

Não se percebe esta autêntica obsessão legislativa.  Os deputados deveriam estabelecer mais empatia com o sofrimento da população e promover verdadeiras soluções para os mais frágeis.
Pandemia

A contaminação ideológica da vacinação

Há uma enorme tensão na sociedade que tem de ser gerida com prudência e sabedoria. É tempo de exigirmos rigor técnico à comissão que está a implementar o Plano Nacional de Vacinação.
Pandemia

Sinais de enlouquecimento coletivo

Os resultados preliminares de um estudo recente em que participo, com 458 indivíduos adultos em plena atividade laboral, revelam que 12% consumiram antidepressivos e ansiolíticos no último mês.
Empresas

Teletrabalho: a nova idolatria?

Existem sérios riscos de que o teletrabalho, realizado em regime exclusivo, possa causar danos à saúde psíquica. A dignidade da pessoa não pode ser espezinhada em nome de uma modernidade laboral.
Redes Sociais

Fará sentido estar em tantos grupos no WhatsApp?

É preciso aprendermos a dizer «não» nas redes sociais, rejeitando aceitar automaticamente todos os convites. O principal objetivo das redes sociais é manter-nos a todos sob uma "hipnose controlada".
Coronavírus

Mumificação social coletiva: finalmente a abertura

Os idosos não constituem um grupo homogéneo. Muitos encontram-se em perfeitas condições de autonomia, e os seus direitos (inclusive o direito a correr alguns riscos) não podem ser sonegados.
Coronavírus

Os riscos da outra pandemia: doenças psiquiátricas

O confinamento prolongado de pessoas no domicílio, mesmo sendo familiares, devido ao stress e à tensão psicológica, pode aumentar os conflitos interpessoais, crises conjugais e a violência doméstica.
Eutanásia

Eutanásia: porquê tanta pressa?

O Estado não ama as pessoas e a eutanásia é uma forma fácil e enganadora de enfrentar o sofrimento. Quando alguém está cercado pelo desespero devemos estender-lhe a mão em vez de facilitar o suicídio.
Identidade de Género

Experiências de engenharia social em crianças

O governo deverá ter a humildade de reconhecer a insensatez deste tipo de iniciativas legislativas, desistindo de implementar um projeto político de engenharia social em que as cobaias são crianças.
Mercado de Trabalho

Os castigos do trabalho em Portugal

Esta é uma geração que para trabalhar abdica de quase tudo o resto; renuncia a constituir família, aos amigos, ao lazer e até à sua própria saúde. O mundo laboral sofre hoje uma grave desmoralização.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Para ler este artigo grátis, registe-se gratuitamente no Observador com o mesmo email com o qual recebeu esta oferta.

Caso já tenha uma conta, faça login aqui.

FLASH SALE - Assine o Observador
a partir de 0,12€/ dia
FLASH SALE Assine o Observador
a partir de 0,12€/ dia
*exclusiva para novos assinantes