1 O silenciamento político das mulheres

Entre os argumentos feministas mais populares dos nossos dias, encontramos a ideia de que há um silenciamento das mulheres na esfera pública. Em Mulheres & Poder, a historiadora clássica Mary Beard diz-nos que a compreensão desse silenciamento passa pelo conhecimento das tradições herdadas da Antiguidade: “Não exageremos a questão. A cultura ocidental não deve tudo aos gregos e aos romanos, seja em termos de discurso ou de qualquer outra coisa. (…) No entanto, as nossas próprias tradições de debate e de discurso público, as suas convenções e regras, ainda permanecem firmemente na sombra do mundo clássico.”

Com efeito, não só o Renascimento consistiu na recuperação dos valores clássicos, nomeadamente as técnicas de retórica e persuasão da Antiguidade, como também as regras e procedimentos parlamentares modernos se inspiram nas teorias e princípios clássicos. E se “não somos simplesmente vítimas ou joguetes da nossa herança clássica”, a verdade é que “as tradições clássicas [nos] forneceram um poderoso modelo com o qual pensamos acerca do discurso público e decidimos o que conta como boa ou má oratória, persuasiva ou não, e a quem pertencem os discursos que devem ter espaço para serem ouvidos”.

Beard considera que esse modelo exclui as mulheres do espaço público, como retratado pela comédia de Aristófanes que fantasia sobre a tomada da governação do Estado por parte das mulheres: “Parte da piada residia no facto de as mulheres não serem capazes de falar adequadamente em público – ou antes, não conseguirem adaptar o seu discurso privado ao sublime idioma da política masculina.” Este sentido ecoaria na ideia de que as mulheres representam o mundo das emoções, cabendo ao homem o domínio da racionalidade. E na medida em que o espaço político deveria assentar na troca racional de ideias, isso justificaria a exclusão feminina de um terreno que se pretendia marcado pelo logos.

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.