Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Os regimes políticos na Rússia e na China são diferentes, mas têm traços comuns: o capitalismo de Estado, o expansionismo na política externa, o aumento da repressão interna contra qualquer tipo de oposição, a mentira como uma das maiores armas de propaganda.

A direcção comunista da China mentiu no início da pandemia de Covid-19, o que impediu a tomada de medidas mais antecipadas para combater a doença e permitiu a sua rápida expansão pelo mundo. A direcção totalitária da Rússia gabou-se de estar preparada não só para enfrentar o surto pandémico, mas também para fornecer ajuda humanitária, o que levou à situação lastimável em que se encontra o país.

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.