Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Portugal vai voltar ao mercado na próxima quarta-feira para emitir entre 500 a 750 milhões de euros em dívida a dez anos, a primeira vez desde que saiu do resgate.

Apenas semana e meia depois da decisão do Tribunal Constitucional, Portugal vai voltar a testar o apetite dos investidores por dívida a dez anos.

A última vez que Portugal foi ao mercado vender dívida a tão longo prazo foi a 23 de abril. Na altura colocou 750 milhões de euros e ficou a pagar uma taxa de juro de 3,575%.

Depois do pacote de medidas apresentado esta quinta-feira pelo Banco Central Europeu – com novos empréstimos baratos aos bancos, cortes nas taxas de juro às quais empresta dinheiro aos bancos, entre outros – os juros da dívida portuguesa têm vindo a cair.

Hoje, sexta-feira, às 15h20 os juros exigidos pelos investidores para comprar dívida a dez anos negociavam nos 3,511%, menos 0,13 pontos percentuais face a quinta-feira.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR