O Presidente norte-americano declarou na sexta-feira estado de emergência no Estado de Washington, numa altura em que Austrália e a Nova Zelândia enviaram bombeiros para ajudar as equipas dos Estados Unidos que enfrentam dificuldades no combate às chamas.

As declarações de Barack Obama libertam fundos federais para o combate aos incêndios e operações de assistência no Estado de Washington, onde vários fogos ardem sem controlo e três bombeiros já morreram.

Os fogos florestais atingem atualmente dez estados norte-americanos, afetando 526.000 hectares.

“Muitos residentes de Washington, bem como noutros estados ocidentais, continuam deslocados das suas casas, com os bombeiros a tentar conter vastos incêndios”, segundo a agência intergovernamental dos incêndios (NIFC).

Mais de 5.100 casas estão em risco, de acordo com a KING-TV, e um número não especificado de edifícios já foi destruído.

Espera-se que os reforços da Austrália e Nova Zelândia cheguem no domingo.