O balcão de uma agência bancária em Castelo de Neiva, Viana do Castelo, foi hoje assaltada à mão armada por um homem de cara destapada, que após o roubo fugiu a pé, disse fonte policial. Em declarações à agência Lusa, a fonte do Comando Territorial da GNR de Viana do Castelo adiantou que o homem entrou na Caixa Agrícola do Noroeste, cerca das 13:00 e, “sob a ameaça de arma de fogo, exigiu aos funcionários que lhe dessem dinheiro”.

A mesma fonte adiantou que o homem terá entre os 25 e os 30 anos”, e que “ninguém ficou ferido” no assalto à agência bancária situada em Castelo de Neiva, na margem esquerda do rio Lima. A investigação passou para a alçada da Polícia Judiciária, por envolver uma arma de fogo.

O presidente do conselho de administração dos balcões daquela instituição bancária no distrito de Viana do Castelo e em Barcelos afirmou desconhecer o montante roubado adiantando apenas que se tratará de uma “quantia insignificante”. “Pelas imagens do assalto que já visionei, captadas pelas câmaras de videovigilância que temos no interior do balcão, foi roubado um montante insignificante”, disse Correia da Silva. O responsável acrescentou ter-se tratado do primeiro assalto àquele balcão.