O especialista em sondagens Sam Wang prometeu que, caso Donald Trump ultrapassasse os 240 votos no Colégio Eleitoral, comeria um inseto. Prometeu e cumpriu. No sábado, o especialista da Universidade de Princeton comeu um grilo com mel em direto na CNN. Veja o momento:

Durante toda a transmissão em direto, Sam Wang mostra-se arrependido da promessa que fez e tenta adiar o momento ao explicar a importância das questões políticas. “Penso que comer o inseto é sensacionalista e afasta-nos nos assuntos políticos importantes, como as nomeações para o Supremo Tribunal”, começa por dizer Wang.

Ainda antes de comer o grilo com mel — a que chamou “um grilo ao estilo gourmet, do ponto de vista de um animal de estimação” –, Sam Wang esclarece: “Há coisas que podem acontecer para unir o país, e comer um inseto não é uma delas. Queria só sublinhar isso”.

Depois da introdução, o cientista resigna-se. “Muitas pessoas estavam erradas, mas nenhuma fez a promessa que eu fiz”, destaca. Num último momento antes de colocar o grilo com mel na boca, Wang compara-se a João Batista, que “comeu gafanhotos com mel”. Depois de engolir o inseto, garantiu que lhe soube “sobretudo a mel, e um bocadinho a noz”.