Autárquicas 2017

PSD, CDS, Verdes e PAN preferem eleições autárquicas a 1 de outubro

A líder do CDS, Assunção Cristas, apontou esta segunda-feira o dia 1 de outubro para realizar as eleições autárquicas. PSD, Verdes e PAN defenderam uma posição idêntica. O Governo regista "consenso".

PS, BE e PCP serão ouvidos na quarta-feira

MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

A líder do CDS-PP, Assunção Cristas, apontou esta segunda-feira 1 de outubro como “a melhor data” para realizar as eleições autárquicas. O PSD, Os Verdes e o PAN também defenderam a mesma posição. No final dos encontros com o primeiro-ministro para a marcação das eleições, também o Governo veio registar esse “consenso” e dizer que a data final deverá ser conhecida na próxima quinta-feira, depois de decisão do Conselho de Ministros.

“Tem havido um consenso sobre o dia 1 de outubro”, disse a secretária de Estado Adjunta da Administração Interna, Isabel Oneto, mas sem garantir que essa será a data das próximas autárquicas, já que ainda falta ouvir BE, PCP e PS e também a Associação Nacional de Municípios, o que acontecerá na próxima quarta-feira à tarde. Já sobre o agendamento com esta antecedência, a governante diz que “não há razão para não se marcar com distância suficiente para todos se prepararem”.

“Na perspetiva do CDS, das três datas possíveis — 24 de setembro, 1 e 8 de outubro –, entendemos que a melhor data será o dia 1 de outubro”, afirmou Assunção Cristas, no final de uma audiência com o Governo que durou cerca de meia hora. Para a líder do CDS-PP, “dia 24 ainda é tempo de férias para muitas famílias portuguesas e dia 8 já seria afetado pela ponte do feriado do 5 de outubro”. “A data de 1 de outubro é a mais adequada e também corresponde à data do fim de semana das anteriores eleições autárquicas”, justificou.

Numa declaração feita pela vice-presidente Teresa Leal Coelho e candidata do partido à Câmara Municipal de Lisboa, o PSD partilhou uma posição idêntica à defendida pelo primeiro partido a ser ouvido: “O PSD considera que a melhor data para a realização de eleições autárquicas é o próximo 1 de outubro”. A vice-presidente do PSD disse ser “fundamental mobilizar os portugueses para estas eleições” e considerou que esta data dá as garantias que todos os candidatos “possam apresentar os seus projetos e que a sociedade civil pode acompanhar todo o processo de uma forma participativa e intensa”.

Também Os Verdes defendem a mesma data. “O mais sensato seria realizar as eleições autárquicas a 1 de outubro”, defendeu o deputado do PEV José Luís Ferreira.

No final das audiências desta segunda-feira, da parte do Governo ficou ainda a garantia de “isenção face a todos os partidos”, nestes seis meses que vão até às eleições, isto depois da líder do CDS ter pedido “parcimónia” nos atos do Governo, sobretudo nas autarquias socialistas, neste período de tempo.

Ao contrário do inicialmente previsto, a delegação do PS já não foi recebida esta segunda-feira, mas apenas na quarta-feira, dia em que já estavam agendadas audiências de BE e PCP com o Governo.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)