Cerca de 200 migrantes conseguiram atravessar a correr o posto fronteiriço de Tarajal, em Ceuta, sem que os agentes das forças de segurança tenham conseguido evitá-lo, disse fonte da Guarda Civil.

A mesma fonte indicou à agência noticiosa espanhola EFE que a avalancha ocorreu pouco depois das 6h00 locais (5h00 em Lisboa), surpreendendo tanto as autoridades marroquinas como as espanholas.

As autoridades tinham sido avisadas para a possibilidade de uma avalancha e estavam espalhadas pelo perímetro da fronteira, mas o assalto foi pela própria passagem.

Terão sido cerca de 200 os migrantes que entraram em Espanha a partir de Marrocos, embora o número oficial deva ser fornecido pelo Centro Temporário de Imigrantes após a contagem das novas entradas.

Há apenas uma semana, depois de não se terem registado assaltos desde fevereiro, um total de 73 migrantes conseguiu entrar em território espanhol, tendo as autoridades marroquinas e espanholas conseguido travar um grupo mais numerosos de pelo menos 300.