Se as eleições espanholas acontecessem hoje, o Vox — partido político de extrema-direita que se destacou nas eleições de Andaluzia –, conseguiria eleger 16 deputados, segundo uma sondagem da SocioMétrica divulgada pelo el Español. Ou 19 deputados se considerarmos a sondagem da GAD3 para o jornal espanhol ABC. Tornava-se desta forma a quinta força política atrás de PP, PSOE, Podemos e Ciudadanos.

Ainda assim, se o Vox chegasse ao Parlamento nacional não teria o mesmo impacto que pode vir a ter na Andaluzia, segundo a sondagem SocioMétrica. É que, a nível nacional, os deputados que ganharia o Vox, de Santiago Abascal, são mais ou menos aqueles que perde o Partido Popular, de Pablo Casado. Já na Andaluzia, se o PP, o Ciudadanos e o Vox chegarem a um acordo podem ganhar o lugar de Susana Díaz, do PSOE.

Vox. Até onde irá o partido dos netos de Franco e dos filhos rebeldes do PP?

Para Pedro Sánchez, a subida do Vox não significa necessariamente um problema, pelo menos não maior do que a dificuldade que teve para formar governo. Mesmo perdendo votos, PSOE, Unidos Podemos, ERC, PDeCAT, PNVe EH-Bildu continuariam a eleger o mesmo número de deputados. Falta saber se os partidos independentistas — ERC, PDeCAT e PNV — continuariam a apoiar o líder socialista numas próximas eleições.

Se as sondagens de dezembro permitiram ao Vox ter 16 (ou 19) lugares no Parlamento espanhol, os resultados depois das eleições na Andaluzia, no início do mês, davam ainda uma expectativa melhor. Se fossem transpostos para o plano nacional, a percentagem de votos na Andaluzia, permitiria chegar aos 25 deputados.

Com os resultados obtidos na Andaluzia, o Vox conseguia entrar com 25 deputados no Parlamento

A escalada do partido de Santiago Abascal é vista como uma coisa negativa pela maioria dos espanhóis (52,3%), mas quase um quarto dos eleitores, que participaram na sondagem da Sigma Dos para a emissora espanhola Antena 3 Noticias, assume este crescimento como uma coisa positiva. Esta visão é mais partilha por homens e mais comum entre eleitores mais novos.

Surpreendente é a forma como como os eleitores ligados ao Ciudadanos vê a chegada do Vox: 44,8% considera uma boa notícia e 41,4% considera uma má notícia, revela também a sondagem da Sigma Dos. O Ciudadanos acolheu alguns dos eleitores desagradados com o PP, que agora podem estar de saída para o Vox.