Um homem foi detido esta quarta-feira no aeroporto de Lisboa pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF). Tinha um mandado de detenção europeu, emitido em Espanha, para extradição por crimes de rapto e sequestro.

Segundo adianta o SEF, o passageiro, proveniente de S. Paulo, Brasil, foi conduzido sob detenção ao Comando Metropolitano, onde aguardará até ser ouvido no Tribunal da Relação competente para apreciar o processo de extradição.

Numa outra situação, na zona de Oliveira de Frades, distrito de Viseu, o SEF identificou três cidadãos estrangeiros em situação irregular durante uma ação de fiscalização em estabelecimento de diversão noturna.

Esta ação, desencadeada por sete inspetores do SEF para monitorizar a permanência de cidadãos estrangeiros em Portugal e sinalizar eventuais situações de exploração, designadamente associadas à prática da prostituição, permitiu a identificação de 15 cidadãos no local.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Os três cidadãos em situação irregular foram notificados para abandono voluntário do país, no prazo de 20 dias, sob pena de, em caso de incumprimento, virem a ser detidos e alvo de procedimentos coercivos de afastamento.

À entidade exploradora do estabelecimento foi ainda instaurado procedimento contraordenacional, a que poderá corresponder uma coima na ordem dos 10 mil euros.