Uma faca feita a partir de um meteorito, um casaco personalizado da marinha norte-americana e uma prensa para ossos de pato são apenas três dos 215 objetos de Anthony Bourdain que vão ser colocados à venda através de um leilão online durante o mês de outubro (dia 9 a 30) .

A notícia foi dada pelo The New York Times e explica que a leiloeira norte-americana Lark Mason Associates foi a escolhida para organizar este leilão cujos lucros serão divididos em dois: 60% serão entregues à família de Bourdain, a sua ex-mulher Ottavia Busia e a filha de ambos, Ariane; os restantes 40% serão entregues ao Culinary Institute of America (CIA), a escola de culinária onde a estrela de televisão e ex-cozinheiro teve aulas. A CIA irá investir esse dinheiro na bolsa de estudo criada para homenagear Bourdain que vai levar alunos talentosos a estudar no estrangeiro.

A faca de aço e meteorito, totalmente feita à mão, que pertencia a Bourdain e vai agora ser colocada à venda. ©Lark Mason Associates

A Lark Mason estima que a avaliação total de todos os itens fique algures entre os 200 mil e os 400 mil dólares (entre os 181 mil e os 362 mil euros) e, ao que tudo indica, eles são uma espécie de montra para o verdadeiro Anthony Bourdain. A sua assistente de longa data, Laurie Woolever, explicou ao jornal norte-americano que o chef não guardava muitos souvenirs que lhe iam oferecendo nas suas viagens, sendo bastante seletivo com os itens que escolhia guardar.  Um deles, que estará à venda, é o casaco especial (tem um emblema de duas facas de cozinha cruzadas e o nome ‘Tony Bourdain’ bordado) que a marinha dos EUA lhe ofereceu quando Bourdain, a sua equipa e uma série de outros seus conterrâneos tiveram de ser resgatados de Beirute em 2006 por causa do conflito israelo-libanês.

Música, arte e literatura tinham um lugar especial no coração do protagonista de “No Reservations” e prova disso são as obras de Ralph Steadman (ilustrador que colaborava com Hunter S. Thompson e amigo pessoal de Bourdain) ou do pintor John Lurie por exemplo, mas também os vários livros, manuscritos e inúmeros discos de vinil que vão poder ser comprados.

Entre os artefactos mais peculiares encontra-se uma faca feita à mão a partir de um meteorito (originário de Campo de Cielo, na  América do Sul) pelo cutileiro norte-americano Bob Kramer, um dos mais prestigiados do mundo. A leiloeira estima que este será o item mais caro de todos, podendo alcançar os 6 mil dólares (cerca de 5.400 euros). Contudo há ainda uma estatueta em prata e bronze do boneco da Michelin (avaliada algures entre os 15o e 200 dólares, ou 136 e 181 euros) e uma prensa metálica para patos que apareceu num episódio de 2012 de “Parts Unknown” e serve para espremer os sucos que sobram de uma carcaça desta ave que já foi cozinhada e trinchada.

O casaco personalizado que a marinha dos EUA ofereceu a Bourdain. Na zona direita (para o leitor) vê-se o emblema especial com duas facas cruzadas e o nome do apresentador. ©Lark Mason Associates

Woolever explica que o gosto de Bourdain “procurava sempre o conforto” e privilegiava uma “elegância tranquila”. Anthony chegou a dizer-lhe que gostava que o seu apartamento em Manhattan fosse decorado de forma a parecer-se com o lendário hotel Chateau Marmont, em Hollywood. Lark Mason, o responsável da leiloeira, afirmou também em entrevista que apesar de nunca ter conhecido Bourdain pessoalmente conseguia perceber que valorizava os básicos: roupas simples e facas que cortavam bem. “Eram coisas que o deviam ajudar a manter os pés na terra. Ele teve uma vida turbulenta em muitos aspetos e era uma alma inquieta. Ao catalogarmos os seu pertences percebemos que todos eles tinham um propósito específico”, acrescenta.

Bourdain morreu com 61 anos, em França, durante as gravações de um programa que contaria com a participação de um dos seus melhores amigos, o chef Eric Ripert.