Estados Unidos anunciaram 3.269 mortos nas últimas 24 horas, o maior número desde o dia 10 de fevereiro, e 81.040 casos, de acordo com os dados da Universidade norte-americana Johns Hopkins.

As mortes subiram (foram 2.414 ontem) e constituem o pior registo desde o dia 10 de fevereiro (3432). Em relação aos novos casos, houve uma subida pelo 6º dia consecutivo e o número de infeções foi o maior da semana (em 19 de fevereiro foram 84.539).

Os Estados Unidos são o país com mais mortes (520.785) e casos (29.052.262) de Covid-19 no mundo.

O Presidente norte-americano, Joe Biden, estimou que a doença venha a causar mais de 600 mil mortos ao todo, no país. Por seu lado, o Instituto de Métricas e Avaliações de Saúde da Universidade de Washington, em cujos modelos de projeção a Casa Branca se baseia com frequência, previu cerca de 615 mil mortos até junho.

A pandemia de Covid-19 provocou, pelo menos, 2.498.003 mortos no mundo, resultantes de mais de 112,5 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Em Portugal, morreram 16.185 pessoas dos 801.746 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde. A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.