Índice

    Índice

Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Nem sequer é um fim de semana grande, mas o facto de ao feriado do Dia de Todos os Santos, assinalado este ano a um domingo, se seguir o chamado Dia de Finados, na segunda-feira, fez com que o Conselho de Ministros tivesse tomado a decisão de restringir a circulação entre concelhos no território continental durante mais de quatro dias completos — sendo que dois deles serão de trabalho e de aulas para a maior parte da população portuguesa.

O objetivo destas novas restrições será o de evitar a propagação do coronavírus e limitar o risco de contágios associado às visitas aos cemitérios, que todos os anos costumam acontecer em massa a 1 e 2 de novembro —mais ou menos como aconteceu na altura da Páscoa, mas para evitar os almoços festivos e reuniões de família.

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.