Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Entrevista publicada originalmente a 22 de abril de 2018 e republicada agora que vai ser nomeado Cardeal.

O pedido, inédito e singular, era irrecusável. Em dezembro do ano passado, o Papa Francisco telefonou ao padre e poeta José Tolentino Mendonça para lhe comunicar que o tinha escolhido como orientador do retiro espiritual que o líder da Igreja Católica faz anualmente, por ocasião da Quaresma, com os membros da Cúria Romana, o governo da Igreja Católica. Era a primeira vez que um português ia pregar para o Papa — e só tinha três meses para preparar tudo.

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.