761kWh poupados
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Pedro Barros Ferreira

Convidado

Artigos publicados

Partido Chega

Voto Inútil (I)

A teoria de que um voto no Chega é um voto para mostrar um cartão amarelo ao PSD/CDS é uma ideia pueril, para ser simpático. Tratar-se-ia de um disparate e sem direito a VAR para correcção dos efeitos
JMJ 2023

JMJ: factos, opiniões e especulações

Quando este executivo tomou posse, nada estava feito no que respeita à JMJ. Se retirarmos os responsáveis da CML, não dei conta de os comentadores e jornalistas terem dado ênfase a este facto.
Carlos Moedas

Amor, Lisboa, Moedas e RAP

O RAP, com o seu brilhante humor, parodiou Carlos Moedas. Fez bem e teve graça. A Moedas resta-lhe continuar a falar – a agir – com o coração. Mas entendo RAP. Seria difícil parodiar a gestão de Medin
Fernando Medina

De silly tem muito pouco

Figueiredo & Medina SARL: esta sociedade faz mais pela subida do CHEGA do que o próprio Ventura. Mas é um assunto silly pois cheira até a perseguição andar a chatear quem quer arrumar a sua vidinha.
Guerra na Ucrânia

Guerra: um elucidário possível

A guerra foi imposta aos ucranianos. Enquanto as bombas continuarem a cair nos seus quintais não podem dar a outra face. Não se apercebem, os compreensivos, que é do medo que os ditadores se alimentam
CDS-PP

Congresso do CDS: Um Dever

Se o perdão é uma obrigação para os cristãos – assim como o mea culpa – a memória é uma condição dos não destituídos. Chamar de volta quem apelou a favor de outros partidos, não é honrar os fundadores
CDS-PP

A Pepsi, a Coca-cola e o CDS

O CDS teve um momento coca-cola de sabor a baunilha com Cristas, que o deixou exaurido em votos e dinheiro. Tentou-se, depois, ser fiel aos princípios do partido quando os tempos não estavam para isso
Legislativas 2022

10 razões para não votar CDS

Aqui estão 10 razões para não votar no CDS. Um partido que, como se demonstrou, só tem más ideias e só quer o mal de Portugal. Eu, já me decidi. Vou votar CDS, mas só porque sou do contra.
Coronavírus

DGS ou SNI?

Os responsáveis da tragédia do há um ano tentam que acreditemos que este Inverno é perigoso e que só as suas medidas nos salvarão esta vez. Mas os números anunciam um quadro bem diferente e para melhor
CDS-PP

Que tal falar ouvir o CDS sobre Portugal?

O meu desejo vai no sentido de continuarem a convidar Francisco Rodrigues dos Santos para dar entrevistas, mas, desta feita, para que o possamos ouvir sobre os problemas que afligem Portugal.
CDS-PP

Os filhos de Paulo Portas

Não acredito que Paulo Portas queira “perfilhar” estes seus antigos bajuladores. Ele, melhor do que todos, conhece as suas capacidades. Confundem o país real com o Príncipe Real e Lisboa com o Lux.
Política

Crise, qual crise?

Continuem os liberais de serviço a dizer palavrões na TV, a escrever umas baboseiras no Twitter, a falar de liberdades esotéricas, de questões de género e a sair dos armários e vão ver onde isto acaba
Autárquicas 2021

Medina e a Assembleia Municipal de Lisboa

Para estes eleitos, a máxima é não criar dificuldades ao chefe, manterem-se nas suas boas graças e, dessa forma, sonharem em continuar nas listas em lugares elegíveis.
CDS-PP

Força Nuno Melo!

Durante a presidência de FRS tenho escrito mais vezes pelas mesmas razões (e também não sou da direcção). A razão é que o “fogo amigo” é sempre perigoso, sobretudo para quem está na linha da frente.
Autárquicas 2021

Amar Lisboa

Amar alguém não é forçar o outro a ser como nós entendemos que deve ser. Medina força Lisboa a ser como ele entende que deve ser: não ouve, não entende, não compreende, não perdoa.
Pandemia

Que onda quero

Os números falam por si. Não é tempo de fechar. É tempo de se manter o que existe e dar passos certos e seguros, por todos compreendidos aceites e cumpridos.
Política

O teste do MEL não engana

Francisco Rodrigues dos Santos reafirmou a mensagem da direita portuguesa: liberal na economia e conservadora nos costumes. Mas se a mensagem está certa, por que razão não passa a dita?
Lei Eleitoral

Falta cumprir Outubro!

O actual sistema eleitoral implica que tenhamos uma parcela muito considerável do nosso território sem qualquer representação, votando ao abandono as populações cada vez mais exíguas e idosas.
Política

Os partidocratas

Se não existir renovação, corremos o risco de um ainda maior fraccionamento do sistema partidário ou até do colapso de alguns partidos.
Autárquicas 2021

Uma Lisboa que tarda em amanhecer

Os alfacinhas devem pensar quem querem à frente da sua cidade. Ou seja, por que razão se deve acreditar em Medina, no ano da Graça de 2021, quando já falhou rotundamente em 2019 e em 2020?

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Para ler este artigo grátis, registe-se gratuitamente no Observador com o mesmo email com o qual recebeu esta oferta.

Caso já tenha uma conta, faça login aqui.